sexta-feira, 8 de novembro de 2013

O estranho caso do morto envenenado!

A respeito da morte de Arafat, li há pouco no AL Público que os palestinianos só têm um suspeito: Israel. Bem, com o "amor fraterno" que os muçulmanos têm pelos judeus (sim, vamos dizer judeus, porque o que está aqui em causa é anti-semistismo puro e duro), acho que os israelitas até levavam a mal se não fossem considerados os suspeitos... Ah suspeitos e únicos
Leitor indentificadíssimo :-)


Todos os dias os islamistas, em todo o mundo, incluindo Israel, assassinam gente inocente. O silêncio da Imprensa mainstream é ensurdecedor. Qualquer alusão a qualquer suposta malvadez de Israel, por mais ridícula que seja, merece parangonas.

Arafat
Podem dizer o que quiserem — mesmo que foi Sharon quem envenenou Arafat com um supositório búlgaro! Uma coisa é certa: o mega terrorista egípcio Arafat merece todos os encómios da Imprensa mundial! Enquanto houver quem bata palmas, haverá palhaços para os entretar!


Da análise publicada recentemente - sobre as causas da morte de Arafat em 2004 - não é possível afirmar que o polónio foi a causa da sua morte. Os cientistas não têm como o provar, nesta análise, nove anos após a morte da pessoa em causa.
Se os especialistas tivessem sido autorizados a obter amostras em 2004, o resultado possivelmente teria sido mais enfático. Além disso, gostaríamos mesmo de saber do que é oficialmente Arafat morreu, em 2004.
Nenhuma autópsia foi realizada após a morte de Arafat, de acordo com o desejo da sua bilionária viúva que mais tarde mudou de ideiaa. Nenhuma informação médica confirmando a tese do assassinato foi publicada. A primeira experiência com amostras colhidas durante a exumação de Arafat ocorreu em novembro de 2012, oito anos após sua morte.
A questão é se o polónio foi inoculado em Arafat após a sua morte, em 2004, antes da primeira peritagem em 2012. Os líderes da esquerda ocidentais e os da Palestina  desejam fazer de um terrorista um "mártir" ...
Raanan Gissin, ex-assessor do primeiro-ministro israelita na época, Ariel Sharon, reiterou que tinha dado ordens para não matar Arafat: "Ariel Sharon ordenou que tudo fosse feito para evitar que Arafat - cercado pelo exército israelita na Muqata em Ramallah - fosse morto pelos nossos soldados".
Além disso, se quisessem , os israelitas poderiam facilmente ter liquidado Arafat, em Beirute, no início de 1980, durante a guerra no Líbano ...
Quem beneficia com o crime? Certamente não Israel. Arafat era claramente um obstáculo à paz, embora o seu sucessor, Mahmoud Abbas, também seja um obstáculo para a paz, e passe por pacificador ...
Eles podem dizer o que eles quiserem - mesmo que Sharon teria envenenado Arafat com um supositório búlgaro - de qualquer maneira, não nos preocupa que esse mega criminoso esteja morto.
Reprodução autorizada com menção :
© Michael Withers Redentor Chief www.dreuz.info

E vai um bocadinho de História, para mostrar o «pacifismo» do terrorista Arafat e dos outros terroristas?



Ao terrorismo a Imprensa não liga! O site A Religião da Paz tem disponíveis as listas dos atentados terroristas ocorridos desde o 11 de Setembro, os locais onde ocorreram, as vítimas que causaram, as religiões atingidas e outros dados. Caso queira consultar, aqui vai:


LISTA DOS ATAQUES TERRORISTAS ISLÂMICOS DE 2004
LISTA DOS ATAQUES TERRORISTAS ISLÂMICOS DE 2005
LISTA DOS ATAQUES TERRORISTAS ISLÂMICOS DE 2006
LISTA DOS ATAQUES TERRORISTAS ISLÂMICOS DE 2007
LISTA DOS ATAQUES TERRORISTAS ISLÂMICOS DE 2008
LISTA DOS ATAQUES TERRORISTAS ISLÂMICOS DE 2009
LISTA DOS ATAQUES TERRORISTAS ISLÂMICOS DE 2010
 LISTA DOS ATAQUES TERRORISTAS ISLÂMICOS DE 2011
 LISTA DOS ATAQUES TERRORISTAS ISLÂMICOS DE 2012
 LISTA DOS ATAQUES TERRORISTAS ISLÂMICOS DE 2013 (1º SEMESTRE)

Sites de interesse:

2 comentários:

  1. Tenho testado alguns jovens de mais de 20 anos. Ninguém conhece absolutamente nada da da fundação de Israel, as falhadas negociações de paz, as verdadeiras causas do conflito, etc. Não sabem o que foi o holodomor, os pogrom, as FP-25, etc. .. a história e os crimes do comunismo, do nazismo e do islão contra judeus, cristão arménios, etc.

    temos um ensino e uma comunicação social que só embrutece as pessoas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O ensino e os media estão formatados para apresentar a civilização ocidental como o Diabo, e o resto do mundo como as vítimas dos predadores ocidentais, ie: nós!
      Mas a ignorância total de antigamente, deu lugar a uma nova ignorância, mais atrevida, que é a dos que formam a sua opinião sobre o mundo através das teorias da conspiração da Internet. Um exemplo é a «certeza absoluta» que toda a gente tem de que o 11 de Setembro foi levado a cabo pelos Americanos. Não há um esquerdista que se preze que não acredite nisso. E este é um exemplo entre muitos. O Che Guevara continua estampado nas t-shirts, e ai de quem diga a verdade, que ele foi um terrorista e um assassino! Chamam-nos logo doidos! :-)
      Mas se há pessoas que sabem o que se passa na Coreia do Norte, na China, em Cuba, e continuam a apoiar esses regimes, o factor patologia mental entra também na equação. E o resultado é muito triste!

      Abraço,

      I.B.

      Eliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.