quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Assim se Paga o Bem

As notícias que os jornais não dão:

Esta foto resume  trágico equívoco da desventura Ocidental no Afeganistão. Mas a lição, como sempre, não vai ser aprendida. Até porque a Imprensa cala...
Dois militares britânicos foram abatidos por polícias afegãos a quem estavam a treinar. A razão? Apenas o ódio aos infiiéis. Pouco a pouco, o mundo vai percebendo o drama de Israel, que não pode confiar nos seus vizinhos, pelas mesmas razões. 

Este caso fez-nos lembrar o do terrorista de Boston, Tamerlan Tsarnaev, que em 11 de Setembro de 2011 comemorou a feliz efeméride decapitando os seus três únicos amigos nos Estados Unidos - todos judeus, por acaso. 

Teoricamente, as forças Ocidentais e as autoridades afegãs, estão em paz e colaboração, na instauração de um regime democrático no País. No entanto, o Islão é incompatível com a democracia e avesso aos valores que temos como inquestionáveis (direitos humanos, liberdade religiosa, fraternidade entre os homens, tolerância religiosa, igualdade de géneros, etc.). E nunca se sabe quando estamos perante um muçulmano moderado, ou perante um fundamentalista, disposto a matar os infiéis.
"Soldado britânico tira foto com polícia afegão que segundos depois o assassina"

de Anna Edwards para o Daily Mail , 5 de Novembro:

    
Um soldado britânico inconsciente que posou para uma foto com um polícoa afegão,  foi morto a tiro por ele segundos depois.

   
O cabo Brent McCarthy, 25 anos, foi retratado com um membro da Polícia afegã uniformizado apenas momentos antes de ter sido abatido por este.
Após a foto, o atirador e um cúmplice voltaram as armas contra o polícia da Royal Air Force.

   
O seu companheiro, o cabo Lee Davies, de 27 anos, do 1 º Batalhão da Guarda Galesa, que pode ser visto, sentado, sorrindo, no fundo da foto, também foi morto a tiro.
(...)

    
Ambos os soldados eram parte de uma equipe de oito homens que tinham ido para a base da polícia afegã no distrito de Lashkar Gah da província de Helmand em 12 de Maio .
   O cabo Barry Davies tinha comentado que o retratado afegão se tinha urinado pelas pernas abaixo (ver imagem) e isso pode ter sido um sinal para o que estava prestes a acontecer.
(...)

 The two rogue Afghan policemen suspected of shooting dead British soldiers. The Army unit was in the area acting as a police advisory team helping train the Afghan police 
Os dois polícias afegãos que mataram os dois soldados britânicos.
 Corporal Brent McCarthy was part of an eight-man team who had gone to the Afghan police base in the Lashkar Gah district of Helmand province on May 12 

Os cabos Brent McCarthy e Barry Davies eram dois jovens.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.