quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Desapaziguamento



As comparações entre Obama e Neville Chamberlain são inevitáveis...

Metade dos americanos considera que Obama não é honesto - Público

 - Mais vale tarde que nunca!...
 

Membros da Irmandade Muçulmana na administração Obama...

US Senator Mark Kirk

"Senador republicano compara Obama e o adiar das sanções ao Irão, com o apaziguamento dos nazis antes da Segunda Guerra Mundial"
Jerusalem Post, 14 de Novembro

    
O senador Mark Kirk afirma que o encolhimento da Casa Branca ao adiar novas sanções ao Irão foi "pouco convincente" e "bastante anti-israelita", e que as autoridades israelitas lhe disseram que esse passo só iria atrasar o programa nuclear por "24 dias".

   
O Senador republicano Mark Kirk comparou as acções do governo Obama com o
"apaziguamento" de Neville Chamberlain à Alemanha nazi, antes da Segunda Guerra Mundial.

    
O vice-presidente Joe Biden, o Secretário de Estado John Kerry e outros altos funcionários visitaram o Capitólio quarta-feira para avisar os  senadores de que a implementação das novas medidas poderia sabotar as negociações delicadas entre o Irão e as potências mundiais sobre o programa nuclear de Teerão.

    
"Eu acho que devemos acelerar as sanções" - defendeu Kirk, um assumido amigo de Israel. (...) "O acordo foi pouco convincente. Foi bastante anti-israelita".

   
Kirk foi citado como tendo dito que se reuniu com autoridades israelitas na quarta-feira, que disseram que o acordo proposto com o Irão só iria atrasar o seu esforço de pesquisa nuclear por "24 dias".

    
"Este governo, como o de Neville Chamberlain, está a gerar um conflito grande e sangrento no Médio
Oriente, com as armas nucleares iranianas, que agora farão parte do futuro dos nossos filhos", afirmou Kirk .

  
Legisladores americanos expressaram frustração coma decisão da administração Obama de adiar novas sanções contra o Irão na quarta-feira, ressaltando o dúbio papel do presidente democrata na aproximação a Teerão.

    
Kerry disse aos repórteres antes do briefing à porta fechada que "o risco é que se o Congresso decidisse unilateralmente não levantar as sanções, poderia prejudicar as negociações, ou mesmo pará-las".

    
Mas alguns legisladores influentes disseram após a reunião que não estavam convencidos.

P.S. - Para se ter uma ideia da estratégia de «apaziguamento» de Obama, registe-se que hoje, finalmente, os EUA acederam a considerar o grupo extremista islâmico Boko-Haram, da Nigéria, uma organização terrorista! O Boko-Haram é contra todos os valores Ocidentais, nomeadamente o direito ao Conhecimento e à escolarização, assalta regularmente escolas, massacra estudantes e professores, entra nas aldeias e decapita sumariamente todos os que se assumam como cristãos.

1 comentário:

  1. Compara Chamberlain com Obama? Acho despropositado. Chamberlain era um otário, mas pelo menos estava de boa-fé.
    EJSantos

    ResponderEliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.