segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Ele é que é o Presidente do Egipto!

Morsi diz em tribunal que é o Presidente legítimo do Egipto

- Público 


 

 "E não disse nenhuma mentira..."- escreve um tipo chamado...

Escreveu também alguém:
O facto de ter sido eleito por sufrágio universal não lhe dá o poder absoluto nem o direito de subverter as próprias regras democráticas - que lhe permitiram ser eleito - e governar por decreto e sem controle da legalidade dos seus actos por parte dos tribunais superiores - e foi isso tudo que ele fez (e mais alguma coisa, como seja instituir em grande parte o regime da Xaria, ou seja, impôr o islão como religião obrigatória e com castigos para quem não cumprisse os seus preceitos). O que acho estranho é que alguns comentadores, que reconheço aqui como comunistas defendam este ditador, uma vez que na URSS, como todos sabemos, a liberdade religiosa foi praticamente banida e só quase às escondidas era permitido o culto e Marx, o ideologo máximo do comunismo, defendia a supressão da religião.

Consulte a nossa etiqueta "Egipto" para ter uma ideia do que é e de como actua a Irmandade Muçulmana.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.