sexta-feira, 1 de novembro de 2013

"Cancro", disse ele!

 
Em cima: esquema do ataque israelita de Janeiro deste ano a um destes carregamentos de armas para os terroristas

Israel não pode dar-se ao luxo de permitir que os terroristas do Hezbollah se armem, pois o seu objectivo prioritário é a destruição de Israel, que definem como um 'tumor cancerígeno', ainda que o pequeno Estado Judaico ocupe meros 1% do Médio Oriente e seja a única democracia da região. Os jihadistas estão a preparar a Terceira Intifada, Mas Israel (ao contrário de Obama/EUA e da Europa), não vai dar-lhes a vitória de mão beijada. E por isso Israel voltou a alvejar um carregamento de armas para os terroristas do Hezbollah.

Israel ataca carregamento de armas russas para a Síria. Armas Químicas sob controlo internacional.
AFP , 01 de Novembro:

    
Israel realizou um ataque aéreo contra uma instalação militar síria para impedir a transferência de armas para o Hezbollah, ao mesmo tempo que os inspectores internacionais disseram que todo stock declarado de armas químicas
da Síria está sob a sua jurisdição.

  A Agência 
Saudita Al-Arabiya disse esta quinta-feira que Israel tinha atingido uma base aérea da Síria  na província de Latakia, visando um carregamento de mísseis terra-terra, destinados ao movimento xiita libanês.

    Uma autoridade dos EUA confirmou à AFP que "houve um ataque israelita", mas não deu detalhes sobre o local ou o alvo, enquanto as autoridades israelitas se recusaram a comentar o assunto.

    "Historicamente, os alvos têm sido mísseis do Hezbollah", aliados do presidente sírio, Bashar Assad, disse o funcionário.   

    A
Al-Arabiya citou o chefe do Observatório Sírio para os Direitos Humanos, que disse que as  explosões ocorreram esta quarta-feira perto de Latakia, numa base aérea síria.

    
Em Maio, Israel realizou dois ataques aéreos no interior da Síria, e um alto funcionário israelita disse à AFP que ambos os alvos eram armas iranianas destinadas ao Hezbollah ....

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.