terça-feira, 14 de maio de 2013

Até os Comemos... :(


Já há uns dias que se sabia disto, por exemplo via Elder of Zion: na guerra da Síria vale tudo, até comer os inimigos. Ou para efeitos de moralização das tropas, comer cobras vivas ou beber o sangue de cachorrinhos acabados de estrangular. 

Também se sabe da moda de enterrar gente viva, mesmo os cameramen... (Lá, como cá, até parece que os jornalistas é que são culpados das desgraças que documentam).

Forças governamentais e rebeldes vão-se tratando e tratando jornalistas e população civil assim. Ainda que me digam que o Islão autoriza o canibalismo, mas com regras, não quero acreditar...

Escreve um leitor do Público

Para completar o ramalhete diz: "Prometo a Deus de tirar o coração e o figado deste cães de soldados de Assad". São estes os "adoradores" de Deus, que vão um dia governar??Esta visto que quando falam de Deus, ja se sabe que tipo de governo querem. 

Estas coisas de 'comer os adversários', até no futebol me fazem impressão. Nem animais como, de modo que o consumo de carne humana me parece especialmente repugnante e civilizacionalmente ultrapassado. A conversar é que a gente se entende. Não é a devorar quem não partilha os nossos pontos de vista! E quando querem misturar Deus com estes horrores, então... valha-nos Deus!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.