quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

O Mundo está em Guerra

Segundo a mentalidade actual, se não aparece nos media de maior tiragem, não existe. Nos bons tempos do Tio Estaline, se não fosse oficialmente reconhecido, também não existia. E assim vamos, cantando e rindo, com ocasionais tiradas de sarcasmo contra os "paranóicos" que se atrevem a apontar a dura realidade: o Mundo está em guerra. Os islamistas declararam guerra ao Mundo em 11 de Setembro de 2001, e essa guerra prossegue todos os dias. Não é por não sair muita coisa nos jornais mais conhecidos, nem é por fingirmos que ela não existe, que ela deixa de ser uma realidade, e está cada vez mais perto da nossa porta.
Anteontem a TVI24 passou o documentário do programa Frontline da PBS, intitulado «Como os Islamistas Roubaram a Primavera». Quando estiver online faremos a hiperligação. Já se fala (finalmente) do Califado Global ambicionado pela presente jihad global. São os próprios protagonistas que o clamam.

A Imprensa de grande tiragem continua a publicar selectivamente da jihad global o que de alguma forma pode comprometer os Americanos. E Israel continua a ser a distracção ideal para desfocar as atenções da brutalidade jihadista que varre o globo. Contudo, mesmo recorrendo a esses convenientes bodes expiatórios (que se sabe que aguentam todas as difamações sem retaliar), a realidade entra cada vez mais pelos olhos dentro, e nem a mais politicamente correcta Imprensa lhe consegue fugir:

O Público escreve:


 

 Na Síria e no Iraque, degladiam-se facções islamistas radicais. O caos impera.

Ninguém mata mais muçulmanos que os próprios muçulmanos. É dramático, desde logo para a população muçulmana que não leva a religião dessa perspectiva fanática, e que deseja viver em democracia. E se entre irmãos de crença é assim, os "infiéis" estão bem pior.

Alguns exemplos desta semana:
 FightinginIdlib.jpg
Misericórdia e compaixão daqueles que se auto denominam como defensores fervorosos do Compassivo e Misericordioso.

"Síria: Al-Qaeda mata mais 50 prisioneiros em Aleppo

 Ansamed, 7 de Janeiro

(Ansamed) - BEIRUTE - Militantes da Al Qaeda retiraram nas últimas horas da principal cidade oriental síria de Dayr az Zor, (...) centro de confrontos entre forças do governo de Bagdad e forças ligadas à Al Qaeda, disseram activistas em Dayr az Zor via Skype na terça-feira. Disseram que os membros do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIS) empurraram para fora da área rebeldes locais na segunda-feira, tendo cercado a sua sede na cidade. (...)
O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, com sede no Reino Unido, citou fontes médicas locais, dizendo que mais de 30 militantes da Al Qaeda  morreram ao longo das últimas horas na área do noroeste da Idlib, em confrontos entre combatentes da Al-Qaeda e os rebeldes locais. Os militantes mortos são declaradamente todos os membros não-sírios do ISIS. 
Militantes da Al Qaeda executaram durante a noite 50 activistas sírios detidos em Aleppo, disseram activistas via Skype. Os prisioneiros foram mortos numa ala hospitalar.
As fontes disseram que as execuções foram levadas a cabo por membros do Estado Islâmico do Iraque e do Levante , um grupo militante ligado à Al Qaeda na Síria que tem sido atacado por insurgentes Esta locais ao longo dos últimos dias ....
 - Confuso? Eles também...

----------------------------

O inacreditável egoísmo de muita gente continua a ignorar o Holocausto dos cristãos às mãos dos islamistas, talvez o maior de sempre na História:

"Pesquisa: martírio de cristãos duplicou em 2013"
Reuters, 8 de Janeiro
LONDRES -- Casos de cristãos assassinados por causa da sua fé  duplicaram em 2013, com a Síria a registar sozinha mais que o total de cristãos assassinados em 2012. (...)
muslim-persec.jpgPara muita gente, é «normal» que sejam assassinados cristãos, «porque a Inquisição fez o mesmo». Há raciocínios tão abjectos que nem merecem comentário...

------------------------

"Obhoynagar lembra os ’71 horrores" por Emran Hossain para o Dhaka Tribune, 7 de Janeiro
 Hinduhomeburning.jpg

Bangladesh: Muçulmanos atacam e matam hindus, saqueiam-lhes e incendeiam-lhes as casas. O motivo? São hindus e acreditam na democracia - foram votar.

---------------------

Silêncio, que se vai gritar "racismo" e "islamofobia". Os franceses não podem manter as suas tradições de laicismo, liberdade e igualdade:

Franceveil.jpg
"Francesa condenada por desafiar a autoridade policial na proibição do véu islâmico", The Associated Press, 8 de Janeiro

PARIS - Um Tribunal francês condenou uma mulher por ter insultado o agente da Polícia que a multou por desafiara proibição do véu islâmico. (...)

-----------------------
 Benghazi.jpg
 A malta da esquerda festiva esquece-se de que os presos em Guantánamo não foram lá parar por terem ajudado uma velhinha a atravessar a rua. Estão lá por terem participado, por exemplo, em atentados como o de 11 de Setembro. Os media mundiais influenciam a opinião pública a exigir a libertação dos prisoneiros de Guantánamo. E quando saem...

"Ex-prisioneiro de Guantanamo detido por envolvimento nos ataques terroristas de Benghazi" por Adam Goldman para o Washington Post, 7 de Janeiro

------------------------------

Esta vai agradar à esquerda pró islamista, por duas razões:  porque a sua revolução avança, e porque as vítimas foram israelitas! Jackpot!

Hamas_suicide%2520Eng_0001 video.jpg
"Testemunho chocante: turba árabe rapta e espanca civis israelitas"
por Maayana Miskin para Israel National News, 7 de Janeiro

     Dezenas de homens judeus raptados e espancados na área de Binyamin na terça-feira à tarde. Os homens, que estavam desarmados foram atacados por uma multidão árabe, perseguidos, amarrados e espancados sem motivo.
(...)

----------------------------

Não é caso único. Muitos cristãos, entre a conversão forçada ao Islão e a morte, escolhem a segunda:
 174677.jpg
"Arménio executado na Síria por ter recusado converter-se ao Islão",PanArmenian.net, 9 de Janeiro
----------------------------------

Haverá pessoas capazes de culpar os Estados Unidos por acontecimentos como este:

Iraqbombing.jpeg
"Bombista suicida mata 12 pessoas num centro de recrutamento do exército iraquiano" - Associated Press, 9 de Janeiro
BAGHDAD — Um bombista suicida fez-se explodir num centro de recrutamento do exército iraquiano, matando pelo menos 12 pessoas, numa acção de retaliação por causa da campanha do Governo para retomar duas cidades dominadas pelos militantes da Al Qaeda. (...)

--------------------------------

Esta também é culpa dos Estados Unidos. Ou de Israel.
 JamiePaulinRamirez.jpeg
"'Jihad Jamie' apanha oito anos de cadeia no caso na Jihad Jane"
por John Shiffman para a Reuters, 8 de Janeiro

     (Reuters) - Uma mulher do Colorado convertida ao islamismo que foi para a Irlanda para se juntar a um homem que ela acreditava ser treinador de terroristas islâmicos, foi condenado a oito anos de prisão esta quarta-feira.


     Jamie Paulin Ramírez
, de 35 anos, declarou-se culpada num tribunal federal em Filadélfia (...)

     Ela foi apelidada de "Jihad Jamie" pelos media após a sua prisão em 2010, porque se juntou a um grupo terrorista na Irlanda que incluia outra mulher norte-americana de pele branca de cabelos loiros, Colleen LaRose, conhecida como "Jihad Jane"
. (...)
- O Islão não é uma raça, estamos sempre a dizer...

----------------------------

Boas notícias no meio desta desgraça toda, mas motivadas por esta desgraça toda:
 honorkillingad.jpg
Apesar dos esforços desesperados dos esquerdistas e dos islamistas, o anúncio da linha de apoio a potenciais vítimas de assassínio de honra foi autorizado. É na Florida, Estados Unidos, e é assim que os cidadãos dos países democráticos reagem a tragédias como o assassinato de Fatima Abdullah. Esta rapariga foi vítima de um «assassinato de honra», por ter «envergonhado a família», ao divorciar-se de um homem que a espancava. Num esforço desesperado para agradar aos supremacistas islâmicos, as autoridades consideraram que ela se suicidou batendo com a cabeça contra uma mesa, repetidamente (!).
90% de todos os «assassinatos de honra» cometidos em todo o mundo são por muçulmanos. Aguardamos as reacções da secção anti-piropo do Bloco de Esquerda.
-------------------------------------

Mais uma acção da jihad automóvel.  Aqab Hussain usou o seu carro como "arma letal"


mug-syed-muzzafar.jpg
 Aqab Hussain assassinou uma menina «infiel» de 6 anos com o seu carro, e deixou a mãe gravemente ferida.

Os atropelamentos propositados de «infiéis» começam a tornar-se comuns. Falámos disso neste post.


---------------------------------------

Esta vem do Egipto e da Irmandade Muçulmana, que os esquerdistas em Portugal apoiam incondicionalmente:

Qaradawi2014.jpg
É assim que os crentes são mantidos na linha: não apoiar a agenda da Irmandade Muçulmana é um enorme pecado, que leva direitinho ao fogo dos infernos!  Os  egípcios que não querem a Sharia e a islamização do seu país são ameaçados com a tortura eterna. 

"Clérigo ligado à Irmandade Muçulmana 'proíbe' a votação no referendo no Egipto"- AFP, 8 de Janeiro
Youssef El-Qaradawi lançou um édito religioso proibindo os egípcios de votarem no referndo promovido pelo Governo interino na próxima semana. (...)
- Democracia não rima com Sharia. Esperemos que os que tiverem coragem de ir votar não sejam assassinados, como no exemplo acima, no Bangladesh...


----------------------------

A Terceira Intifada cada vez mais perto:


"Bomba cai nos arredores de Belém; um ferido" - Noam (Dabul) Dvir para Israel National News

Security forces at scene of attack (Photo: Jerusalem Rescue Forces)

Haja ou não mortos ou feridos, ataques contra Israel não chegam aos media globais. Só chegam as respostas de Israel, quando Israel responde.

-----------------------------------

No tempo do fascismo não se podia falar. Ainda noutro dia vimos a reconstituição da fuga de Álvaro Cunhal e de outros comunistas da prisão. Muito bem. Mas o que dizem os comunistas a esta prisão?
 SalahuddinChoudhury.jpg
 Salahuddin Shoaib Choudhury

"Jornalista do Bangladesh apanha sete anos de prisão por ter querido visitar para Israel" 
AFP, 9 de Janeiro
DHAKA: Tribunal do Bangladesh mandou prender um jornalista por sete anos, por este ter querido visitar Israel para falar numa conferência sobre o despertar da militância islâmica, há mais de uma década. (...)
 - Percebe agora porque é que o Islão é a religião que mais cresce no mundo? Sabia que a pena para quem abandona essa religião é a remoção da cabeça?

---------------------------------
"Al Qaeda abre escola de jihadistas na Síria" 

por Dalit Halevi e Ari Yashar para Israel National News

Você, que acha que não se deve falar destas coisas porque pode despertar o ódio , você que tem a militância e a indignação na ponta do teclado para criticar os Governos portugueses (e muito bem!), o que diria se o Passos Coelho ou o Sócrates mandassem criar por cá destas escolas, onde se ensina as crianças a decapitar pessoas, deitar bombas e a fazerem-se explodir? Sem querer desculpar ninguém, isto é capaz de ser um bocadinho pior do que cortarem-lhe o vencimento, ou do que as negociatas do Freeport Alcohete...


Imagine o leitor se uma destas escolas existisse em Israel ou nos Estados Unidos ou em Portugal! Abriria todos os telejornais do Mundo! Assim, nem notícia é. Percebe agora porque é que o Islão é a religião que mais cresce no mundo? Sabia que a pena para quem abandona essa religião é a remoção da cabeça? Percebe agora que o Mundo está em guerra?
--------------------------------- 
Haja alegria! Na Somália os jihadistas celebraram o Ano Novo bomardeando um hotel frequentado por pessoas do Governo.
"Hotel de Mogadishu atingido por bombas, pelo menos 11 pessoas mortas", por Abdi Sheikh e Feisal Omar para a Reuters,

HotelMogadishuBombing.jpg
--------------------------------

No Paquistão: Jihadistas sunitas matam duas pessoas e ferem gravemente 17.

"Carro suicida mata dois e fere 17 no Paquistão", AFP

201411191555707734_20.jpg
--------------------------------

 Mais celebrações jihadistas de Ano Novo, mas das sadias, sem álcool:
"7 mortos e 9 feridos em atentado terrorista em Basilan" Mindanao Examiner
 20131231224805_0.jpg
--------------------------------

Poderíamos estar aqui com uma equipa de gente a trabalhar 24/7, e não conseguíamos cobrir toda a desgraça causada pela Guerra Santa islamista. Quando eles chagarem à sua porta, pouco vai importar se jihad significa mesmo paz, como diz o Munir, ou se os terroristas é que percebem tudo mal.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.