quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

O Al Reveillon em França

ACTUALIZADO 

couteau sanglant 

Centenas de carros incendiados na noite de 31 de Dezembro. Em França, o primeiro dia do ano foi celebrado por alguns num novo estilo de festa demoníaca e bárbara, em honra de um deus pagão, sedento de sangue e morte:

• Somme : trois adolescents torturent un handicapé
• Val-de-Marne : un homme lardé de coups de couteau à Saint-Maurice
• Saint-Agne : le chauffeur de bus lui demande son ticket, il dégaine une arme à feu
• Chennevières : un chauffeur RATP agressé au Bois-l’Abbé, son bus incendié
• Avignon : un jeune de 21 ans meurt après une agression
• Magnanville : l’agresseur exhibe un couteau
• Marseille : deux hommes abattus à la kalachnikov
• Paris : un jeune homme poignardé à mort cette nuit au Trocadéro
• Val-de-Marne : un homme agressé à coups de couteau et de bouteille à Champigny
• Grenoble : agression mortelle au couteau en pleine rue
• Marles-sur-Canche : Un homme meurt après une altercation le soir du réveillon
• Dannemarie: Un père de famille meurt au cours de son transfert à l’hôpital, poignardé

Enquanto isso, as autoridades francesas preparam medidas de integração dos estrangeiros, que passam pela adopção da cultura, da História, da Língua e da identidade nacional islâmica. Entre outras disposições, recomenda-se que o Árabe e as Línguas africanas, sejam os idiomas a usar nas escolas, em detrimento do Francês. O jornal Le Figaro descobriu os documentos e publicou-os. Podem ser lidos na sua origem oficial aqui

"Já não é necessário que os imigrantes  se adaptem à cultura francesa, a meta agora é que seja a França a abandonar a sua própria cultura, Língua, História e identidade, para se adaptar às culturas de outras pessoas." - Jean-François Cope, Partido UMP. 
Em vez de integração, "sociedades paralelas estão a formar-se e continuamente a distanciar-se umas das outras." - Alain Finkielkraut, autor de A identidade Infeliz.

O Instituto Gatestone desenvolve o assunto...



Racismo Árabe, anti-França e anti- Brancos. O que faz o SOS Racismo?

Não quisemos postar vídeos da violência, mas estão à vista do Mundo...

Quando esta francesa vai no autocarro e repara que é a única nacional e que há 50 emigrantes a gritar Allahu Akbar, morte aos judeus e que querem as mulheres dos 'infiéis' para escravas sexuais, fica chateada. É uma racista!
Vale a pena ver o vídeo todo.

E DISSE-O SEM SE RIR!

 Dangerous: The magazine contains tips on terrorism, including how to fire a gun


A linda revistinha da Al Qaeda, a famosa "Inspire", tem ensinado os "jovens" a incendiarem carros como deve ser, bem como a fabricar bombas, matar a preceito, ao mesmo tempo que divulga listas de pessoas a abater. E os "jovens" (palavra código da Imprensa para "muçulmanos"), têm cumprido!

O Le Figaro anunciou hoje a Boa Nova, pela boca do impagável socialista francês Manuel Valls:

"Este ano foram incendiados 1 067 carros na Passagem do Ano, o que representa uma redução de 10,6 % em relação ao ano anterior. Os números cobrem o período entre as 6 da tarde de 31 de Dezembro e as 6 da manhã do dia 1 de Janeiro. O ministro fala em "resultados positivos" e acrescenta que "nos devemos sentir encorajados por estes resultados". 322 pessoas foram detidas, 217 ficaram sob custódia e 5 polícias e gendarmes ficaram feridos."

O grande Manuel Valls disse o que disse sem se rir, como só um socialista seria capaz.

  

Bombeiros franceses a sentirem-se "encorajados"...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.