sábado, 18 de janeiro de 2014

O Ano Novo das Árvores!

Ou Árvores contra Mísseis:
Via Unidos com Israel:
Tu Bishvat - o 15 º dia do mês hebraico de Shevat - é o Ano Novo Judaico para as árvores. Este ano, o feriado caiu na quarta-feira, 15 de Janeiro, com duração até quinta-feira 16 de Janeiro.
Agora é o momento certo para começar a plantar árvores de fruto na Terra de Israel!

Tu Bishvat é um dia de alegria em Israel, onde é habitual crianças - e adultos - irem plantar árvores e visitar campos agrícolas. Os judeus da diáspora e simpatizantes do Estado judeu contribuem tradicionalmente com fundos para o plantio de árvores em Israel, a fim de apoiar o desenvolvimento agrícola da terra.
Os israelitas têm uma consciência natural da agricultura, e o Estado judeu - a terra de "leite e mel" - produz cerca de 70 por cento de todas as suas necessidades alimentares.
No feriado de Tu Bishvat, há o costume de comer das "sete espécies" descritas na Bíblia como sendo abundante na Terra de Israel. As sete espécies são: trigo, cevada, uvas (videiras) , figos, romãs , azeitonas e tâmaras (mel) . (Deut. 08:08).
Israel é conhecido pelas suas frutas, legumes e ervas, que são exportados para todo o mundo. Durante décadas, a laranja de Jaffa foi o mais famoso desses produtos. Em áreas como a região de Arava, que fica a meio caminho entre o Mar Morto e Eilat (cidade mais ao sul de Israel), e o Vale do Jordão, que se estende do mar da Galileia, no norte, até ao Mar Morto, ao longo da fronteira oriental, a agricultura constitui o único meio de subsistência. O Vale do Jordão, por exemplo, produz pimentos de alta qualidade, uvas, ervas e - as mais famosas - deliciosas tâmaras Medjoul.
 Bananeiras em Israel
As tâmaras estão entre as guloseimas tradicionais oferecidos aos alunos israelitas que celebram  o Tu Bishvat, também conhecido como Chag Ha'ilanot - O Ano Novo das Árvores. Quando a Bíblia refere a "terra de leite e mel", o mel que se refere é especificamente as tâmaras.


Laranjas do deserto...
Israel alcançou o sucesso agrícola , apesar dos desafios da natureza, incluindo solo difícil em certas regiões, como o Vale do Jordão, bem como as graves limitações de água. Mas o Estado judeu também é reconhecido pelo seu génio tecnológico, como explicado na jewishvirtuallibrary.org :
"As condições climáticas, topográficas e de solo, variadas em Israel (desde o sub- tropical ao árido, desde 400 metros abaixo do nível do mar até aos 1000 metros acima, e desde dunas de areia a solos aluviais pesados) tornaram possível o cultivo de uma grande variedade de produtos agrícolas. O sucesso da agricultura do país decorre da determinação e engenho dos agricultores e cientistas, que se dedicaram ao desenvolvimento de uma agricultura florescente num país que é mais da metade desértico, o que demonstra que o valor real da terra depende de como é utilizada. "

---------------------
O B'Shvat chegou - O Ano Novo das Árvores!
Agora é o momento certo para começar a plantar árvores de fruto na Terra de Israel
Mostre seu amor pela Terra de Israel - Plante árvores de fruto HOJE!


Assista ao florescer das árvores de Israel em expressões magníficas de graça e beleza!

Esta é uma oportunidade especial para contribuir para a beleza física e espiritual da Terra de Israel. As suas árvores serão plantadas em toda a Terra de Israel, do norte ao sul.
.
Algumas das árvores serão plantadas perto das cidades que foram mais atingidas com mísseis dos terroristas. Nova vida e crescimento vai brotar dos lugares de destruição.
.

No ano passado, respondemos aos milhares de mísseis disparados de Gaza com o plantio de mais de 2000 árvores de fruto no sul de Israel. Mísseis de morte foram transformados em nova vida!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.