domingo, 15 de dezembro de 2013

Roménia: Coro de Natal celebra o Holocausto


 Shoah roumanie
Cadeia de televisão pública romena divulga canção anti-semita cantada por moradores, no meio de um show folclórico.

A televisão estatal romena ficou mal vista após a transmissão de um programa de canções populares, em 5 de Dezembro. Um grupo coral da região de Cluj, cantou uma canção de Natal aparentemente inócua. Só que as suas palavras fizeram ressurgir as horas mais escuras da História do país.
Em trajes tradicionais, os cantores cantaram um verso onde se pode ouvir: "Só na chaminé e reduzidos a fumo, é esse o lugar para os Jidov". A última palavra refere pejorativamente os judeus. Em 1944, os 18 mil habitantes do gueto de Cluj (então parte da Hungria, um aliado do Reich) foram deportados e exterminados em Auschwitz.
Nenhuma reacção
O caso foi levado ao Ministério dos Negócios Estrangeiros, que anunciou a abertura de uma investigação criminal, disse o site em Inglês do "Spiegel". A TVR, emissora pública já manchada por uma série de escândalos, negou responsabilidade. De acordo com esta, o coro foi seleccionado por um comité cultural local. A associação romena contra o anti- semitismo apresentou queixa e lamenta a ausência de reacções, tanto durante a transmissão (o apresentador continuou o programa como se nada tivesse acontecido) como da parte dos telespectadores: "É chocante o público não se sentir ofendido por uma música anti-semita exortando à queima dos judeus."

- Enfim, um caso entre tantos, de todos os dias e de todo o mundo. Para muita gente, os judeus (0,19% da Humanidade), não têm o direito de estar e Israel, e não têm o direito de estar em qualquer outro lugar.  Talvez numa cidade submarina, ou na Antárctida...

P.S. - E também não têm o direito de se manifestar contra o anti-semitismo. Kafka só podia ter sido judeu.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.