domingo, 15 de dezembro de 2013

Israel ajuda Gaza. Outros... não!

Pois traz. Mas também traz factos tão curiosos como este:
 
 "Os governos árabes deram mais dinheiro para auxiliar as vítimas do furacão Sandy do que para inundações em Gaza " 
O Palestine Today traz um artigo indignado sobre como os governos árabes abandonaram Gaza.O autor afirma que no rescaldo da super tempestade Sandy na costa leste dos EUA no ano passado, o Bahrain doou US$5 milhões, a Arábia Saudita $250 milhões, o Kuwait US$500 milhões e o Qatar e os Emirados Árabes Unidos US$100 milhões cada. (A maioria destes números parece ter um pouco de verdade, embora muitos fossem promessas e não foram pagos). 
De acordo com o artigo, o mundo árabe decidiu abandonar Gaza, principalmente por causa das ligações islamistas do Hamas com a Irmandade Muçulmana, de que países do Golfo têm medo dentro das suas próprias fronteiras. 
No entanto, ainda há uma ironia: os países do Golfo, que têm muito petróleo, não o dão a Gaza durante a crise actual. O artigo, é claro, não fala do papel do Hamas nas escassez de combustível em Gaza, nem de que o Hamas teria recusado um acordo que teria trazido petróleo do Qatar para Gaza via Israel. 
Enquanto isso, Israel vai amanhã transferir combustível suficiente para Gaza:

    
Na sequência de discussões entre o COGAT e as agências internacionais de ajuda que operam em Gaza, a transferência de ajuda humanitária para a Faixa de Gaza através da passagem de Kerem Shalom continuará amanhã e inclui 1,2 milhões de litros de gás, 800.000 litros de diesel para transportes, 400 mil litros de óleo diesel para a central eléctrica de Gaza, e mais 200 toneladas de gás doméstico. O Coordenador das Actividades do Governo nos Territórios mantém uma coordenação permanente com a Autoridade Palestina.
 View image on Twitter 
  Peter Lerner         @LTCPeterLerner
Last night facilitated access of special pumps to in order to deal with flooding.

Fontes árabes fazem notar que Kerem Shalom estará aberta durante 12 horas por dia na próxima semana para garantir que toda a ajuda que for solicitada será transferida.

Sim, Israel está a ajudar Gaza mais do que os árabes. E todos sabemos que os árabes nunca vão agradecer publicamente a Israel para isso, eles não vão baixar o tom da sua rectórica, eles não se vão mover um milímetro da sua posição de que Israel é o inferno apostado na sua limpeza étnica.

Israel não ajuda os habitantes de Gaza por causa das relações públicas. Ajuda-os de boa-vontade. Não ajuda os habitantes de Gaza porque as ONGs afirmam que Israel ainda está a "ocupar" Gaza. Israel ajuda os habitantes de Gaza, porque é a coisa certa a fazer, e fá-lo, apesar do ódio que os árabes têm a Israel.

  

Israel a fazer o Bem sem olhar a Quem. Esta é realidade no terreno, e não as imagens de crianças mortas, sacadas de outros conflitos ou meras encenações, e atribuídas a Israel.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.