quinta-feira, 18 de abril de 2013

O ataque à Catedral de S. Marcos em imagens

Os media ocidentais continuam a não ligar nenhuma aos ataques aos cristãos coptas do Egipto. O ataque à Catedral de S. Marcos, de que aqui falámos, passou despercebido. Muito mais corajosos e honestos no seu jornalismo foram os media egípcios, com destaque para o popular Youm7, que publicou as fotos que se seguem.
Lembramos que a catedral de S. Marcos está para os coptas como a Basílica de S. Pedro no vaticano está para os católicos.



«Jovens» muçulmanos sobem aos telhados dos edifícios circundantes de catedral. À esquerda, um homem atira um projéctil. À direita, os elementos da Polícia são facilmente reconhecíveis pelos seus chapéus e capacetes, respectivamente.


Seguro de não ser incomodado pela Polícia um atirador de cara coberta já ganhou o telhado do edifício.


O mesmo homem, abrindo fogo.


Braçados de pedras para atirar aos cristãos, sob o olhar complacente da Polícia.


Sobre um veículo blindado (comprado com o dinheiro dos odiados contribuintes norte-americanos), um atirador mascarado abre fogo sobre os cristãos.


Mais snipers alvejando a catedral e os seus ocupantes.



À esquerda, em baixo, dentro da linha encarnada, a Polícia não reage. Dentro da linha amarela um homem com um varapau destrói símbolos cristãos, enquanto em cima, à esquerda, outros continuam o ataque.


Vista geral da Catedral de S. Marcos, o lugar mais sagrado dos cristãos coptas e sede do respectivo papado, sob ataque.



Muçulmano queima uma Bíblia em frente à catedral. A Polícia nada faz. No Egipto é crime punível com anos de prisão dessacralizar o Corão.


Os cristãos coptas do Egipto conhecem os atiradores e denunciam-nos regularmente à Polícia, sem resultado. Um aplauso para a corajosa Imprensa egípcia, que não tem MEDO da verdade e divulga estas imagens, porque entende que todos os cidadãos têm direito à liberdade religiosa, sem terem que temer pela vida.


Mais terrorismo nos telhados.


Vista de uma entrada secundária da catedral, após o ataque.

Se dúvidas houvesse sobre as motivações deste ataque, aqui está um vídeo da multidão a cantar  “Allahu Akbar!” enquanto o fumo sobe da catedral:



2 comentários:

  1. Marrocos prepara pena de morte por apostasia.
    Estamos a mergulhar numa época de trevas? Ou será isto o canto do cisne de uma religião com um Deus fraco que precisa dos homens para o protegerem e recorrem à violência em desespero como recorrem os comunistas?

    ResponderEliminar
  2. Sem dúvida, só os cobardes recorrem à violência indiscriminada para imporem as suas ideias. Não creio que o Mundo Livre possa continuar a acreditar em estórias de fadas (ou tapetes voadores) muito mais tempo.

    I.B.

    ResponderEliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.