terça-feira, 30 de abril de 2013

Assassínio do Jornalismo

Israel é uma democracia (a única do Médio Oriente) e um Estado de Direito, permanentemente sob ataques terroristas dos inimigos que o rodeiam. A Esquerda islamófila e antissemita, que constitui a vasta maioria da Imprensa mundial, faz tábua rasa dos ataques terroristas contra Israel e classifica de «assassínios» a legítima auto-defesa do Estado de Israel! Pelo menos nos títulos, assassina-se a Verdade, que deveria ser apanágio de todo o Jornalismo. Sintomaticamente, estes artigos do Público não trazem assinatura. Mas também não é preciso. Após termos lido esta vergonha, estamos esclarecidos.




Um vídeo de www.arabsforisrael.com

Veja e julgue por si:


Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.