sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Escritor Saudita criticado por afirmar que os árabes eram invasores da Andalusia.

Via The Muslim Issue


O escritor saudita Hani Nakshabandi causou polémica na sua entrevista ao canal de televisão DMTV, dos Emiratos Árabes Unidos.Durante a entrevista, Hani afirmou que os árabes na Andalusia (Península Ibérica) deveriam ser vistos como invasores e não como colonos pacíficos que trouxeram com eles uma era de conhecimento e descobertas, devendo pedir desculpa pela ocupação.

Hani encorajou os muçulmanos a rever os seus livros de História e descobrir a verdade. Ele argumenta que a sua pesquisa na Europa demonstrou que não só os árabes não trouxeram evolução ou luz à "idade das trevas" europeia mas também que tudo o que fizeram foi apropriar-se do que os europeus tinham criado antes dos árabes se terem imposto pela força. Realçou ainda o facto de que a mesquita de Córdoba (atualmente reconvertida para igreja católica) não ser um exemplo de arquitetura islâmica mas sim uma catedral católica convertida para mesquita.

Hani fez ainda notar que em muitas zonas da Arábia Saudita não há eletricidade, e que em muitas zonas do mundo árabe se vêm "aldeias onde as pessoas ainda vivem como homens das cavernas".





Giro, giro era alguém do Público comentar (ou pelo menos noticiar) esta entrevista... Margarida Santos Lopes, onde andas?

2 comentários:

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.