terça-feira, 4 de julho de 2017

A CNN e outras fábricas de mentiras

Após o Massacre de London Bridge, a CNN reuniu meia dúzia de muçulmanos (ou civis fardados de muçulmanos) e inventou que estava a decorrer uma manifestação em Londres, com milhares de muçulmanos repudiando o terrorismo.
Contámos o caso neste post:


CNN encena manifestação muçulmana anti-ISIS



Apesar de a encenação ter sido exposta, muitas pessoas ainda atribuem uma espécie de aura divina à Televisão, e, mesmo perante as evidências, resmungam: "Mas deu na Televisão! Queres ver que tu e 'esses sites da Internet' sabem mais que a Televisão?".
Entretanto, acabou por ser provado que a ridícula acusação de conluio entre Donald Trump e a Rússia para manipular os resultados eleitorais foi uma invenção da Imprensa - nomeadamente da CNN.
Em devido tempo, aliás, demonstrámos que a manipulação, a sabotagem das eleições norte-americanas, foi levada a cabo pelo Partido Democrata, com o financiamento de George "O Flagelo das Nações" Soros, o bilionário islamo-esquerdista, ex-colaboracionista nazi e anti-semita visceral.
Aqui temos a admissão de que a CNN é uma fábrica de propaganda e mentiras (via Tradutores de Direita):


Via Embaixada da Resistência, eis a central de notícias falsas CNN:


O único canal de notícias que vejo é a FOX:


Só porque ainda existem redutos de jornalismo a sério, como a FOX, os media institucionais não conseguem varrer para debaixo do tapete o terrorismo  e expansionismo islâmico, os horrores dos regimes comunistas e as manobras globalistas de Soros e quejandos.

As consequências da doutrinação de massas, nomeadamente através dos media - uma geração de idiotas, cuja impressionante extensão da respectiva idiotice podereis aquilatar nesta lista de vídeos:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.