sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Herr Otto Flick revisitado

 no Público.

  ,

 Kuessel quando foi condenado a 11 anos de prisão em 1993 - Heinz-Peter Bader/Reuters

 

É claro que não tardarão os chorosos apelos à «liberdade de expressão». 

«Oh, coitadinho, preso só porque quer exterminar os judeus e acabar com a democracia!...».

E será que se deve respeitar a «liberdade» de apelar ao fim da liberdade?  

Será que se deve permitir a propaganda e o recrutamento visando re-instalar um regime que ameaçou todo o mundo livre, causou milhões de mortos e quase exterminou um grupo humano? E que voltará a fazê-lo à mínima oportunidade!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.