quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Going Bananas!

David Cameron vai pedir ao Conselho de Segurança da ONU autorização para ir atacar a Síria (a indignação vai toda para os massacres de Assad e não sobra nenhuma para os dos «rebeldes» da Al-Qaeda...).


A Rússia adverte sobre "consequências catastróficas" se EUA e Reino Unido atacarem a Síria em socorro da Al-Qaeda:

Este ataque dos EUA contra a Síria poder vir a ser um momento "arquiduque Franz Ferdinand em Sarajevo" - advertiu a Rússia, avisando para consequências catastróficas" se a Síria for atingida.
  
Stuart Williams e Anna Smolchenko para a AFP, 27 de Agosto:


     A Rússia advertiu nesta terça-feira que uma intervenção militar na Síria pode ter "consequências catastróficas" para a região e pediu à comunidade internacional para mostrar "prudência" sobre a crise.

     "As tentativas de ignorar o Conselho de Segurança, mais uma vez para criar desculpas infundadas artificiais para uma intervenção militar na região, trarão mais sofrimento à Síria e consequências catastróficas para outros países do Médio
Oriente e Norte da África", disse um porta-voz do ministério das Relações Exteriores.

     "Estamos a apelar aos nossos parceiros americanos e a todos os membros da comunidade mundial para demonstrarem prudência e a estrita observância do Direito Internacional, especialmente os princípios fundamentais da Carta das Nações Unidas", disse em comunicado o porta-voz do ministério Alexander Lukashevich.

     O vice-Primeiro-Ministro Dmitry Rogozin, que é conhecido pela sua língua afiada, disse no Twitter que "o Ocidente se comporta em relação ao mundo islâmico como um macaco com uma granada." ...

 via jihadwatch

Enquanto se joga o xadrez do poder e da influência, enquanto os líderes se esgatanham por protagonismo, os sírios vão sofrendo...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.