quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Abrigos anti-bomba para Israel

 Introdução: No Público, um dos maluquinhos da "Nova Ordem Mundial", bolsou estas inanidades:



Craig Murray foi um ex-embaixador da Inglaterra entre muitas outras funções que desempenhou para a coroa inglesa, sendo neste momento activista dos direitos humanos. No seu blogue, (craig murray oil rights in syria?) Craig Murray expõe de uma forma soberba a nova companhia de gás e petróleo dos Rothschild e do senhor Rupert Murdoch ao qual Israel já lhes atribuiu umas concessões nos montes golan e dentro da Síria. Sabia que Israel é pertença dos Rothschild, daí serem sionistas a controlar Israel e não o povo judeu, só não sabia é que já salivavam como cães esfomeados. O texto de Craig Murray é de leitura obrigatória a meu ver e sendo ele um activista não poderá ser acusado de gostar muito do Assad, digo eu.
 A inefável Isabel G. de Allah Akhbar e Sá, respondeu:



Grata pela excelente informação.

As atrocidades diárias cometidas pelos islamistas fazem esta gente bocejar. A propaganda antissemita mais reles e absurda, acorda-lhes ódios inconfessáveis. As mesmas pessoas que acreditam nestas imbecilidades da "Nova Ordem Mundial" e do "Governo Secreto Sionista", acreditam que a Rainha Isabel, o Bob Hope e os judeus em geral são lagartos espaciais mascarados de humanos!

Mas isso é gente inteligente e culta como a Isabel G. de Aallah Akhbar e Sá. Outros não precisam de tanto. O lastro do antissemtismo inquisitorial e a campanha de propaganda nos media mainstream, chega-lhes para odiarem Israel e o seu povo.

A imagem de Israel que temos no Ocidente é uma caricatura grotesca. Enquanto os países da região - todos islâmicos - se degladiam eternamente em guerras sangrentas, o pequenino Estado de Israel, 1% do Médio Oriente e ÚNICO país livre e democrático da região, congrega todos os ódios.

Boa parte das pessoas nem conseguiria reconhecer Israel no mapa (desde logo porque é muito pequeno), e de Israel "sabe" o que a Imprensa de tempos a tempos mostra: soldados "maus" armados, e pobres criancinhas "palestinas" desarmadinhas, coitadinhas. Este é um de milhentos vídeos em que crianças são mandadas provocar os soldados israelitas, na esperança da obtenção de qualquer imagem que possa ser manipulada pela propaganda antissemita global:




Pode parecer estranho, mas imagens como estas desencadeiam uma fúria assassina em muitos ocidentais, que provavelmente acham que os soldados deviam dar as armas às crianças para estas os executarem. Os mesmos que esfregam as mãos na esperança que a surrealista  invasão da Síria leve à aniquilação de Israel.

Um pouco da realidade israelita:
Com uma área geográfica menor do que o estado de Nova Jérsia, Israel tem grandes centros populacionais dentro do alcance dos mísseis terroristas do lado de fora das suas fronteiras:


Na semana passada, o sistema de alerta no norte de Israel fizeram soar os alarmes quando mísseis do Líbano foram disparados contra cidadãos israelitas. Da mesma forma, outro vizinho do norte de Israel, a Síria, ameaçou atacar Israel esta semana, se os EUA intervierem na sua sangrenta guerra civil.

Os ataques com mísseis e as ameaças da Síria destacaram a vulnerabilidade das fronteiras de Israel. Temendo ataques químicos, um número sem precedentes de israelitas estão a procurar máscaras de gás e abrigos antiaéreos. "O país deve estar preparado para todas as possibilidades que possam prejudicar e perturbar a vida quotidiana dos cidadãos", disse
Eli Yishai, destacado responsável da Defesa israelita.
O resto do artigo do site United With Israel pode ser lido aqui, e detalha as cidades que estão ao alcance dos mísseis terroristas, como aconteceu em 2012, quando o grupo terrorista Hamas atingiu área civis Israel com potentes mísseis a partir de Gaza.



Esta mensagem vem da organização de cidadãos United With Israel, cujo site e facebook aproveitamos para aconselhar:

Caros amigos,
Enquanto escrevemos esta mensagem, a Síria está a ameaçar atacar Israel imediatamente após o ataque esperado dos EUA sobre a Síria.

Em Israel, estamos a orar por paz, mas preparando-nos para o pior. Após os ataques aos seus próprios cidadãos, podemos apenas imaginar o que eles têm destinado aos cidadãos de Israel. Um número recorde de israelitas está a adquirir máscaras de gás. Unidades de reserva das Forças de Defesa de Israel estão a ser chamadas para se apresentarem nas suas bases.

O Primeiro-Ministro Netanyahu prometeu uma resposta israelita feroz, mas que pode ser tarde demais para alguns israelitas no norte do país, que estão em perigo iminente de ataque de mísseis.

Há a necessidade urgente de mais abrigos agora. Clique abaixo para doar:
https://donate.unitedwithisrael.org/donate/s1

Tivemos inúmeros pedidos de abrigos portáteis anti-bomba no norte.

Na semana passada, o Kibbutz Gesher HaZiv solicitou um abrigo para o seu jardim de infância. Foi na quarta-feira. Na quinta-feira, a comunidade foi atingida por um dos mísseis lançados a partir do Líbano.

Com a sua ajuda, o United With Israel irá instalar abrigos para as crianças do Kibbutz Gesher HaZiv e noutras cidades do norte.

Não há tempo a perder. O povo de Israel precisa das suas orações, mas também de medidas concretas para salvar vidas. A hora de agir é agora, antes que seja tarde demais ...

Clique abaixo para ajudar a construir abrigos
https://donate.unitedwithisrael.org/donate/s1

Pedimos que encaminhe este e-mail por favor para a sua família e amigos. Eles também merecem a oportunidade de permanecer unidos com o povo de Israel.

Por favor, considere dar mensalmente, porque a necessidade vital de mais abrigos está em curso. Que Deus possa recompensá-lo por sua bondade e generosidade.

Com as bênçãos de Israel,
A família "Unidos com Israel "

Clique abaixo para fazer uma doação dedutível ONLINE:
https://donate.unitedwithisrael.org/donate/s1

Os cheques podem ser enviados para o nosso endereço nos EUA:
United With Israel
PO Box 151
Lawrence, NY 11559
Estados Unidos

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.