segunda-feira, 20 de maio de 2024

Ontem, Hoje e Sempre

 

Segundo vários relatos, os transeuntes ignoraram os pedidos de ajuda do pai e da filha.

“Um homem israelita de 64 anos foi atacado durante uma visita turística a Bruges”, escreveu o embaixador no X/Twitter. “Ele levou um pontapé na cabeça e sofreu uma fratura no maxilar. O que começou como um discurso violento transformou-se nas últimas semanas em violência real nas ruas. Esperamos que as autoridades denunciem esta violência nos termos mais fortes possíveis. E esperamos que a Polícia encontre e apresente queixa contra este homem.”



Mais vídeos no GELLER REPORT.

Este é apenas um caso ao acaso, dentre os pogroms globais instigados pela Imprensa. Hoje é por Israel existir e defender-se. Há 80 anos era porque a Alemanha perdeu a Grande Guerra e alguém tinha de pagar. Na Idade Média era porque os judeus decerto estariam a espalhar a Peste Negra (eles adoeciam menos, porque tinham o hábito da lavagem de mãos e banho ritual). Há 3800 anos, no Egipto, era porque eles, depois de terem salvo o país da ruina, estavam a reproduzir-se muito. Para um antissemita, há sempre uma razão, mas a razão é apenas uma: INVEJA INFUNDADA.

 

ANTEONTEM


ONTEM 


HOJE


 E SEMPRE...

Al-Público de luto...

 

... Festa rija em Teerão!

O inspirador e financiador máximo do terrorismo do Hamas, do Hezzbollah, dos terroristas Houthis, responsável pelos contínuos massacres de judeus e pela doutrinação islâmica  no ódio a Israel, morreu na queda de um helicóptero. 


Que os festejos continuem: 



domingo, 19 de maio de 2024

Jornalistas filmam vídeo encenado com criança interpretando uma vítima de ataque aéreo

 

A Imprensa mundial divulga estas mentiras encenadas como se fossem um “genocídio”.

Bastidores de um vídeo encenado em Gaza por essa filial do Al-Público chamada Al-Jazeera. Um grupo de jornalistas filma um menino fazendo o papel de vítima de um ataque aéreo. 
Depois, a Velha Imprensa, toda ela antissemita, dá esta propaganda nazi (o Hamas é assumidamente nazi) às massas e rebola-se, a rir, enquanto aprecia os pogroms globais que causou:

 


E quem desmascara estas MENTIRAS é CENSURADO por "discurso de ódio".
 

Adaptado de GELLER REPORT.

"Junte-se à mudança"

Apareceu-nos um anúncio no Youtube de uma coisa qualquer chamada "Plenitude". Ficámos intrigados, fomos à procura e apareceu-nos isto: 



Os anúncios em questão falam de uma "mudança" qualquer que ainda não descortinámos:


Continuamos a não perceber exactamente o que é a tal Plenitude, e continuamos intrigados, porque se o marido está fechado lá fora, quem é o senhor que está lá dentro? 
Se há marido, onde está a Mulher?

Suspeitamos de que fazer esta pergunta pode ser considerado "discurso de ódio" e "homofobia", de modo que se este blogue entretanto desaparecer, como os anteriores, já sabem que fomos de novo CENSURADOS PELA DITADURA GLOBAL.

Numa época em que tudo é "racismo", em que nos países de gente de pele branca estão a ser despejados milhões de pessoas de outras cores, e em que na publicidade as cores de pele não brancas estão cada vez mais presentes, não deixamos de notar que:

TODAS as publicidades que veiculam a extinção das pessoas de pele branca (via homossexualismo, transsexualismo, aborto e eutanásia) os protagonistas são BRANCOS!

Dir-se-ia que a luta contra o "racismo" implica a extinção das pessoas brancas. O velho slogan humorístico "Abaixo o racismo! Pintemos os pretos de branco!" foi largamente ultrapassado pela realidade!

Nem vale a pena acrescentar muito mais. A heteronormatividade parece definitivamente ter dado lugar à homonormatividade, à transnormatividade e à brancofobia institucional.

Enfim, caros leitores, não pensem mais nisto, não dêem ouvidos a blogues, ouçam apenas Imprensa institucional, sigam as ordem do Estado e tudo correrá bem. O Estado pensa por nós e só quer o nosso bem. Como na China. 

 


(E o Big Brother é um programa de Televisão, apresentado pelo Goucha ou pelo Cláudio Ramos).

 

"Nós somos a única esperança da Europa e do mundo"

segunda-feira, 13 de maio de 2024

DITADURA ELIMINA O AMIGO DE ISRAEL 2.0


Os nazis de ontem queimavam livros e proibiam o livre pensamento. Os nazis de hoje censuram sites e proibem o livre pensamento.

QUANDO O BLOGUE AMIGO DE ISRAEL FOI CENSURADO DURANTE 6 MESES (SEM QUAISQUER EXPLICAÇÕES), EM 2018, CRIÁMOS UMA VERSÃO "2.0", MAIS ORGANIZADINHA, MAIS APRESENTÁVEL, À QUAL DEDICÁMOS MUITO DO NOSSO ESFORÇO DURANTE 5 ANOS E MEIO. 
CONTINUÁMOS AÍ A RESISTÊNCIA AO AVANÇO DA ISLAMIZAÇÃO, DO COMUNISMO, DO GLOBALISMO, DO ANTISSEMITISMO E DA PODRIDÃO JORNALÍSTICA. 
SEMPRE NA CORDA BAMBA, SEMPRE À ESPERA QUE A TIRANIA GLOBAL VIGENTE NOS TIRASSE O TAPETE. 
OS ATAQUES TÊM SIDO CADA VEZ MAIORES, A SABOTAGEM INFORMÁTICA INTENSIFICOU-SE, OS VÍDEOS CONTINUARAM A SER REGULARMENTE CEIFADOS E ATÉ A VELHA IMPRENSA PODRE (V.I.P.) FOI CONVOCADA PARA TENTAR DESTRUIR-NOS. 
TEMOS SOMADO DESSAS E DE OUTRAS CONDECORAÇÕES, NESTA GUERRA CONTRA AS TREVAS.
HOJE, 13 DE MAIO DE 2024, O AMIGO DE ISRAEL 2.0 FOI CENSURADO. 
TRÊS MIL POSTAGENS QUEIMADAS, IRRECUPERÁVEIS, PORQUE NOS ATREVEMOS A DIZER A VERDADE QUE OS JORNALEIROS AMESTRADOS ESCONDEM E O PODER MANDA CALAR. 
E SERÁ CADA VEZ PIOR. O SISTEMA FARÁ DE TUDO PARA CALAR A VOZ DO POVO, QUE COMEÇOU A ABRIR OS OLHOS GRAÇAS À INTERNET.
A GOTA QUE FEZ TRANSBORDAR O CÁLICE É CAPAZ DE TER SIDO UM MEME DE UMA PESSOA DE BURQA A ACTUAR NO FESTIVAL EUROVISÃO 2030 :-) 
NADA COMO O HUMOR, PARA PERTURBAR AS TIRANIAS...
HÁ MUITO QUE VIVEMOS EM DITADURA. HÁ MUITO QUE AS SOCIEDADES OCIDENTAIS OBEDECEM Á LEI ISLÂMICA E TRATAM COMO BLASFÉMIA O ACTO DE SE DIZER (E PROVAR) A VERDADE SOBRE O ISLÃO (E SOBRE O SOCIALISMO/COMUNISMO E O GLOBALISMO).

ANOS DE TRABALHO ÁRDUO E DEDICADO, FORAM IMPIEDOSAMENTE CENSURADOS PELOS DÉSPOTAS DESTE SISTEMA PODRE, QUE GOSTAM DE VERBERAR O "LÁPIS AZUL" DA CENSURA DO ESTADO NOVO. 
SEM QUALQUER JUSTIFICAÇÃO. SEM QUALQUER AVISO. APENAS PORQUE DIZEMOS E DEMONSTRAMOS A VERDADE.

AS DITADURAS NÃO SUPORTAM A VERDADE E ESMAGAM QUEM A DIZ.

NÃO COMEÇOU AGORA, NEM HÁ 5 ANOS E MEIO, QUANDO CRIÁMOS O AMIGO DE ISRAEL 2.0, PORQUE O AMIGO DE ISRAEL ORIGINAL ESTAVA SOB RESTRIÇÕES CENSÓRIAS NA ALTURA.

LOGO AÍ, CORTARAM-NOS O FÔLEGO. AS PESSOAS HABITUAM-SE A IR AO "AMIGO DE ISRAEL", QUE TINHA UM SUCESSO ESTRONDOSO, E UM NOVO BLOGUE FEZ AS VISITAS DECAIRAM. 

O VLAD TEPES, O GATES OF VIENNA, O BARE NAKED ISLAM E TANTOS OUTROS, JÁ PASSARAM POR ISTO. TIVERAM DE MUDAR DE ENDEREÇO ELECTRÓNICO VÁRIAS VEZES E CONTINUAM A SER PERMANENTEMENTE ATACADOS. OUTROS, DESANIMARAM E DESAPARECERAM DEVEZ. 

SABOTAGEM, POSTS E VÍDEOS RETIRADOS, CENSURA, DIFAMAÇÃO, AMEAÇAS, DE TUDO TEMOS SIDO ALVO. PORQUE DEMONSTRAMOS A REALIDADE DO ISLAMISMO E DA ISLAMIZAÇÃO, O CONLUIO ENTRE A ESQUERDA E O GLOBALISMO, A SABUJICE DOS JORNALEIROS E A CORRUPÇÃO TOTAL DA ESQUERDA.

OS ISLAMISTAS TÊM RECURSOS INESGOTÁVEIS. ESTÃO SENTADOS SOBRE POÇOS DE PETRÓLEO E COMPRAM QUALQUER SABUJO OCIDENTAL. O POLVO SOCIALISTA MANDA CENSURAR QUEM QUISER, NUM ESTALAR DE DEDOS. AS NARCODITADURAS SUL-AMERICANA E IRANIANA ALIMENTAM A CAMPANHA DE DESTRUIÇÃO DO MUNDO LIVRE.

AO MELHOR ESTILO ESTALINISTA OU ISLAMISTA, APAGAM A VERDADE E OBRIGAM O POVO A IGNORAR OS ELEFANTES NA SALA. HÁ MUITO QUE É PROIBIDO, EM DIVERSOS PAÍSES DA EUROPA, REFERIR SEQUER A ISLAMIZAÇÃO GALOPANTE DO OCIDENTE. QUEM SE ATREVER, ARRISCA CADEIA - E NA CADEIA, OS GANGUES MUÇULMANOS TRATAM DE O ELIMINAR. TEMOS DADO DIVERSOS EXEMPLOS - MUITOS DELES AGORA APAGADOS, CLARO!!!

ESTA É UMA LUTA DO BEM CONTRA O MAL. E NÃO NOS VÃO PARAR. ENQUANTO VIVERMOS E RESPIRARMOS.

ESTE ACTO IGNÓBIL DE CENSURA É A ADMISSÃO DE DERROTA DOS ANTISSEMITAS, DOS ISLAMISTAS, DOS COMUNISTAS, DOS NAZIS, DOS GLOBALISTAS, DOS SERVENTÁRIOS JORNALEIROS E DAS BRIGADAS DE CENSORES DA INTERNET. MENTEM, SABEM QUE MENTEM E TENTAM POR TODOS OS MEIOS CALAR QUEM DIZ A VERDADE.

CONTRA TUDO E CONTRA TODOS, COM A AJUDA DE DEUS, CONTINAREMOS A LUTAR... E A VENCER! SEJA AQUI, SEJA NOUTRO LUGAR DA INTERNET, SEJA A FAZER TIPOGRAFIA CLANDESTINA, SEJA A GRITAR NAS RUAS.


PS: Pedimos a revisão da decisão e o Blogger/Google diz que vai verificar se o conteúdo do blogue contraria as regras de "HATE". aGORA É QUE VÃO VERIFICAR!!! 
Eliminaram sob o pretexto de "HATE"/"ÓDIO", que é sempre a desculpa para quem denuncia o Islão, a islamização, o Socialismo, o Marxismo Cultural, o Wokismo, a ditadura LGBTQ+, o covidismo e tudoo que contraria os ditamos desta tenebrosa Nova Ordem Mundial. 
Agora vão ver se eles mesmos tinham razão! Se dizer a verdade provoca "HATE", teremos de proibir tudo o que fale  de criminosos e ditadores. Mas esses continuam a ser incensados, incluindo os nazis, que se movem na Internet, na Política, nos media e na praça pública com todo o à-vontade. Veja-se, por exemplo, o caso do Hamas.
A Civilização corre perigo. Como nunca correu.

domingo, 12 de maio de 2024

Festival da HAMASVISÃO

Voto do público português distinguiu Israel e Ucrânia.


O Festival da Eurovisão foi um evento de celebração do Hamas e do movimento LGBTQ+.

Visto que apelámos ao voto por Israel, aqui estamos, antes de mais, para agradecer o voto claríssimo do público português na canção de Israel:


O júri português não foi nem um voto a Israel e deu a pontuação máxima à pessoa não-binária da Suíça. E nada contra. Ninguém é obrigado a votar em Israel, ninguém é obrigado a gostar de Israel, toda a gente é absolutamente livre de odiar Israel - que fique bem claro.
MAS FOI NOTÓRIO que o júri dos diversos países teve medo de atribuir uma classificação condigna à canção evocativa do Massacre de 7 de Outubro (canção que Israel foi obrigado a modificar, por ter sido considerada "muito política"). 
Ou, ainda pior, o júri manifestou APOIO AO HAMAS. 

 

Multidão acompanhando o Eurofestival em Tel-Aviv, Israel.

 

No voto do júri, Israel ficou em 12º lugar, mas no voto popular,  Israel ficou em 2º lugar - apesar da demonização e do ódio diariamente vertidos a partir das Televisões, da Internet e da Velha Imprensa.  
COM UM VOTO NORMAL DO JÚRI, ISRAEL TERIA GANHO.
Ainda assim, a expressão do voto popular em Israel ajudou a desmascarar a minoria ruidosa antissemita.

 

Este foi o festival do antissemitismo, o festival do Hamas e o festival do LGBTQ+. Ironias do destino... 


No nosso post

Eurovisão: nazis atacam concorrente israelita


falámos um pouco do festival de ódio antissemita na Suécia, com nazis, comunistas e muçulmanos a espumar pela boca contra Israel e a sua face mais imediata no local, a cantora Eden Golan, que actuou sempre sob um coro de vaias e impropérios, tudo como nos bons velhos tempos do Tio Adolfo...

 


Greta Thunberg, marioneta dos globalistas, da extrema-esquerda e dos islamistas, não podia faltar à celebração do ódio mais antigo do Mundo. Mas houve muito mais.  
Um jornaleiro polaco acusou Eden Golan de pôr os outros concorrentes em perigo, apenas por estar presente (vamos que alguém dava um tiro na maldita judia e a saia do concorrente suíço ficava salpicada de sangue!!!).

 

Silvester Belt seria executado se ousasse meter um pé em Gaza.

 

Muito mais haveria para contar, mas o que mais nos impressionou, foi a "experiência traumática" de Silvester Belt, o "primeiro concorrente LGBTQ+ lituano", por ter sido obrigado a actuar no mesmo palco de alguém "daquele país!". Na "Palestina", Belt seria sumariamente executado!


Silvester Belt, homossexual festivo e apoiante do Hamas. Bem-vindos a 2024!

sábado, 11 de maio de 2024

PALAESTINA Ex Monumentis Veteribus Illustrata

  Publicado no AMIGO DE ISRAEL 2.0: 

 

Neste famoso livro, já em 1695, um especialista verificou pessoalmente que a Palestina (assim era o nome da região geográfica onde fica Israel, tal como nós vivemos na Península Ibérica, que não é nem nunca foi um país)  era povoada por uma maioria de judeus.


Este livro foi escrito em Latim. Em 1695, Hadriani Relandi descrevia o que então era chamado de Palestina.

Hadriani Relandi foi geógrafo, cartógrafo, viajante, filólogo, conhecia várias línguas europeias, árabe, grego antigo, hebraico.

Ele visitou quase 2.500 assentamentos mencionados na Bíblia.

Ele fez um censo populacional por assentamentos.

Aqui estão as principais conclusões e alguns factos:

* O país está principalmente vazio, abandonado, escassamente povoado, a maior parte da população está em

Jerusalém, Akko, Tsfat, Jaffa, Tveria e Gaza.

* A maior parte da população é judaica, quase todos os demais são cristãos, muito poucos muçulmanos, principalmente beduínos.

* A única exceção é Nablus (hoje Shchem), onde aproximadamente 120 pessoas de uma família muçulmana.

Natsha conta aproximadamente 70 "shomronims" (samaritanos).

 


 Israel (a amarelo) e o mundo islâmico (a encarnado).


TUDO CENSURADO PELOS NAZIS DA INTERNET:

Vote por Israel no Festival Eurovisão

 

Ajude a dar uma reposta à minoria ruidosa antissemita, à ONU, à UE, aos islamistas, aos nazis e aos globalistas:

https://www.esc.vote/

760 300 806 para quem liga de Portugal. 60 cêntimos cada chamada. Pode votar até 20 vezes.

quinta-feira, 9 de maio de 2024

Trump: "Biden alinha com os terroristas e contra Israel"

Biden, ou Joebama, sempre ao lado dos islamistas (até porque precisa dos votos dos muçulmanos que Obama importou, que vivem E VOTAM nos EUA).
 

Trump: Biden fica do lado dos terroristas no embargo de armas a Israel


O ex-presidente Donald Trump acusou na quinta-feira o presidente Joe Biden de “tomar o lado desses terroristas” por ameaçar reter armas de Israel para sua incursão em Rafah, o último grande reduto do Hamas em Gaza.

 


“O Hamas assassinou milhares de civis inocentes, incluindo bebés, e ainda mantém americanos como reféns, se os reféns ainda estiverem vivos”, escreveu Trump na sua página Truth Social. “No entanto, o Crooked Joe está do lado desses terroristas, assim como ficou do lado dos agitadores radicais que tomaram conta de nossos campi universitários, porque os seus doadores os estão a financiar.”

Biden disse à CNN na quarta-feira que os Estados Unidos continuarão a fornecer interceptadores de mísseis Iron Dome e outras armas defensivas, mas quando se trata de Rafah, onde mais de 1 milhão de pessoas se abrigaram da guerra em Gaza, “não vão fornecer as armas e os projécteis de artilharia usados.”

Trump, em resposta, também acusou Biden de ser “fraco, corrupto e de liderar o mundo directamente para a Terceira Guerra Mundial”.

Trump também insistiu que a guerra Israel-Hamas, bem como a guerra entre a Rússia e a Ucrânia “NUNCA teriam começado se eu estivesse na Casa Branca”.

“Mas muito em breve estaremos de volta, e mais uma vez exigindo a PAZ ATRAVÉS DA FORÇA!” escreveu o presumível candidato presidencial do Partido Republicano.

Os comentários de Biden seguem-se à sua decisão da semana passada de suspender um carregamento de bombas pesadas para Israel.

 

- Artigo completo AQUI.

 

Eurovisão: nazis atacam concorrente israelita

Eden Golan assediada, atacada e vaiada no ensaio geral da Eurovisão, jura que não se deixará intimidar

 

Absolutamente vergonhoso. Mas não surpreendente. Malmo, na Suécia, é talvez a cidade mais hostil para os judeus em toda a Europa. Eden Golan é uma artista corajosa e talentosa e teve uma actuação espetacular apesar da hostilidade do público. 

 

Pode assistir à performance da concorrente israelita AQUI. 

 Greta Thunberg e os outros nazis suecos, apoiantes do grupo nazi Hamas.

 

É muito perturbador ver esta reacção de certos sectores do público da Eurovisão em Malmö, assediando o representante de Israel, Eden Golan. Isto vai contra tudo o que esta competição representa.

Eden, o mundo está contigo. Boa sorte.


 

Esses cobardes estão a assediar Eden Golan porque ela é uma artista judia que se atreveu a ir para Malmo.

Malmo não é seguro para os judeus. Todos os meus amigos judeus fugiram de Malmo.

Que vergonha para a Suécia.



P.S. - Segundo nos disse quem está a par destas coisas, Eden Golan passou à Final. Uma boa resposta do voto dos espectadores à ruidosa minoria islamo-nazi.

Motosserra Akbar!

Daily Mail  era uma fonte confiável para publicar o nome/etnia/detalhes distintivos sobre criminosos, mas parece que já não é. 
Nesta notícia, o Mail nem sequer menciona que o homem com a motosserra gritava “Allahu Akbar” enquanto perseguia o polícia rua abaixo. Mas pelo menos não borraram a cara do terrorista, como fez a BBC.

"Este é o momento extraordinário em que um homem perseguiu polícias por uma rua residencial tranquila com uma serra eléctrica – deixando dois agentes feridos. 
A filmagem mostra um homem vestido com uma blusa cinza e calças pretas gritando, enquanto supostamente corria em direcção a um polícia no meio da Glasgow Road, em Paisley, Renfrewshire, enquanto empunhava uma arma grande. 
Cerca de uma dúzia de polícias invadiram a estrada por volta das 13h de hoje, com a Polícia da Escócia confirmando mais tarde que um homem de 27 anos havia sido preso após o “perturbação envolvendo uma arma”.

 

Imagens do local mostraram uma viatura policial  n parede de uma casa próxima após uma colisão durante a perseguição. Um Volkswagen de cor escura também é visto com a frente bastante danificado. A Polícia garantiu aos residentes preocupados que não há risco maior para o público e não houve relatos de outros feridos.

 

Outras imagens mostram polícias correndo até ao local enquanto restringem um indivíduo na calçada com a ajuda de transeuntes.


O incidente não está a ser tratado como terrorismo e a estrada permanece fechada enquanto os polícias continuam a realizar as suas investigações."

 

Claro que perseguir polícias com uma motosserra não é terrorismo! É apenas a famosa Síndrome de Jihad Súbita, muito comum em muçulmanos! 

 - Vídeo de David Atherthon e Vlad Tepes

terça-feira, 7 de maio de 2024

E o Óscar de Efeitos Especiais vai para... GAZA!!!

   Publicado no AMIGO DE ISRAEL 2.0:  

‘Pallywood’ cria ferimentos de aparência realista em actores que fingem ter sido feridos em Gaza:



O que torna isto tão repugnante é que a grande Imprensa continua a mostrar fotos e vídeos falsos de “Pallywood”, com "palestinos" encharcados de sangue, retirados dos destroços e vestindo roupas limpas. 
O Telegraph, o New York Times, a BBC e o resto da Velha Imprensa, praticamente toda antissemita e admiradora dos islamonazis do Hamas, sabem perfeitamente que isto é uma farsa!

 

- Visite a nossa secção PALYYWOOD.

Dos camisas castanhas aos cabelos azuis

1938: Camisas castanhas de Hitler proíbem estudantes judeus de entrar na Universidade de Viena.

 

Dia da Memória do Holocausto, 2024: Comunistas de cabelo azul proíbem estudantes judeus de entrar na Universidade de Toronto:


Dezenas de vídeos dos ataques antissemitas nas Universidades no site BARE NAKED ISLAM
A Imprensa global está a elevar estes jovens comunistas defensores do Hamas ao estrelato.  
Cá em Portugal o destaque vai para o obsceno pasquim comunista, globalista, pró-jihadista e a antissemita Público. Ou Al-Público, que llhe assenta melhor.
A violência antissemita nas universidades é deliberadamente ocultada pelos jornalistas (os mesmos que branquearam a destruição e a violência comunista nos Estados Unidos a propósito da farsa de George Floyd). 
"Primeiro levaram os judeus..." - não esqueçamos. Para não cairmos na ilusão de que eles vão ficar contentes em exterminar apenas os judeus.


Na Segunda Guerra Mundial, islamistas e nazis uniram-se no objectivo comum de exterminar os judeus. Agora, temos nazis, comunistas e islamistas à cabeça da nova onda de ódio aos judeus. O antissemitismo éum traço característico das pessoas e das ideologias maéficas.

sábado, 4 de maio de 2024

Islamistas vencem eleições locais no Reino Unido

  Publicado no AMIGO DE ISRAEL 2.0:  

Os islamistas venceram eleições em Bradford, no Reino Unido e reconduziram o mayor de Londres, simplesmente porque são maioria. Desataram imediatamente a berrar ALLAHU AKBAR e a fazer ameaças sobre a "Palestina". Estes são os resultados da imigração descontrolada. O Reino Unido já não reconquistará a sua soberania sem guerra civil...


Sadiq Khan, o terrorista do ISIS, foi reeleito ara um terceiro mandato. Porque os muçulmanos são a maioria.



Cá em Portugal, André Ventura foi recentemente ridicularizado pela Velha Imprensa Podre, por ter alertado para o perigo do surgimento de partidos islamistas. 

 


Enquanto a islamização avança, os jornalistas crivam de insultos e de troça os que alertam para o perigo. E fazem vista grossa à realidade. O povo vive alheado e só deseja não ser a próxima vítima.



Os ingleses também ignoraram a invasão islâmica. E agora...

Sadiq Kahn, o terrorista presidente de Londres


EXEMPLOS DO QUE PODE ENCONTRAR NA NOSSA SECÇÃO REINO UNIDO:

 

Em Londres, pregar o Cristianismo já dá cadeia
Em Londres, rezar já dá prisão...

Eles odeiam cristãos. Eles odeiam-no a si.

Londres é hoje a capital mundial dos ataques com ácido80% dos muçulmanos em Londres apoiam o ISIS. 
1 milhão de crianças foram estupradas pelos invasores muçulmanos, os ataques terroristas são diários, o crime bate recordes, nas mesquitas e nas ruas prega-se aberta e livremente a jihad (a guerra santa do Islão), as patrulhas de imposição da lei islâmica andam livremente pelas ruas e a Polícia ocupa-se de prender pessoas que rezam em pensamento.

Britânicos idosos despejados para dar lugar a invasores muçulmanos

Reino Unido: 15 anos de cadeia para quem critique o Islão

Polícias do Reino Unido desfilam em saltos altos e unhas pintadas enquanto os jihadistas avançam 

"Jovem" esfaqueia polícias em Londres aos gritos de "ALLAHU AKBAR" (VÍDEOS)

Polícia expulso por sugerir enrolar terroristas em presunto

Muçulmanos gritam "Allahu akbar" e reproduzem explosões em frente a igreja

"Mulheres brancas só servem para nós f *** e usarmos como lixo"

Polícia de Londres invade igreja e proíbe Missa de Sexta-Feira Santa (VÍDEO)

(VÍDEO) Reino Unido: mulher presa por perguntar à Polícia porque é que os muçulmanos podem infringir a lei

Londres: Cristã espancada por muçulmanos por dizer a verdade sobre o Islão 

A Grã-Bretanha está acabada

Cresce o medo de que a Bíblia se torne ilegal na Escócia

Pediu ajuda depois de ser violada. E foi violada outra vez. É o Islão.

Pai “racista” e “intolerante” por se opor a carta de conversão ao Islão

Migrante muçulmano viola menina em idade escolar em “ataque sexual vil” com duração de mais de 30 minutos

Londres: esquerda e islamistas pelo Terrorismo

O que os merdia não mostraram sobre Trump em Londres 

Muçulmanos "fazem compras" no Londristão

Terrorista de London Bridge pertencia a grupo islâmico e nazi

"A diversidade é a nossa força!"

É inglês? Então tome lá uma facadinha!

Londres: Chuta carrinho de bebé e chama "porcos judeus" aos pais (VÍDEO)

Londres: Árabes gritam ameaças de morte aos judeus

Londres: antissemita assedia crianças no metro

VÍDEO: Mulher apedreja crianças judias em Londres

Londres: Mulher judia grávida brutalmente espancada, socada na barriga