quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Campo Ódio

  

O que os contribuintes ocidentais financiam: neste campo de Verão, a próxima geração de terroristas é doutrinada no ódio:

Entre as habituais comemorações dos massacres dos judeus e os incitamentos à destruição de Israel, as palavras de ordem e cantigas não são as Pombinhas da Cat'rina. São por exemplo:

"As armas acelerarão o nosso regresso!"

 "Vou derrotar os judeus! São um bando do infiéis, como os cristãos! Não gostam de Alá e não adoram Alá. E odeiam-nos!".

"Vou voltar à minha terra e reconquistá-la! É o meu direito!

"Quando eu morrer como mártir vou para o Paraíso!".

 Não ás negociações! Atacando passo a passo não vamos a lado nenhum. Se atacarmos todos ao mesmo tempo eles não serão capazes de ripostar!.

Que estas pobres crianças e esta gente ignorante pense assim, ainda se admite. mas no Ocidente, com a informação que temos, é triste que haja quem pense assim. Israel tem mais de 4 mil anos. Os Árabes em Israel são invasores, como o foram os Assírios, os Babilónios, os Romanos, os Turcos, os Britânicos.

O conflito em Israel não é sobre terra, pois Israel ocupa uma parcela minúscula do que foi o seu território, e já cedeu 2/3 do pouco que lhe calhou, em troca da Paz. Os Árabes odeiam os Judeus e não aceitarão nunca nada menos que a  extinção de Israel e dos Judeus. Na Segunda Guerra Mundial, em que colaboraram com Hitler, estiveram perto de conseguir.

Compare o tamanho de Israel com o mundo Árabe. Nem cabe todos os países Árabes, ou Israel nem se veria. Há emires com propriedades maiores que Israel. A Palestina, enquanto nação Árabe, nunca existiu. Foi uma invenção do ultra-terrorista Arafat nos anos 60 para congregar o antissemtismo mundial contra Israel.


2 comentários:

  1. Tenho pena da ignorância generalizada, e só não vê quem não quer ou vai atrás de rebanhos como todos os cobardes. Como é que se pode defender quem nos agride e só não mata porque não pode. Árabe do pior que há, muito atrasados e odeiam os desenvolvidos, típico dos pobres odiarem os ricos, pura inveja e pouca sabedoria.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A doutrinação marxista deu cabo da nossa moral! Acerca dos Árabes, e especialmente em vídeos como este, fazem-me lembrar bastante certas "comunidades" que existem em Portugal, que se dedicam basicamente a roubar, a traficar, a assaltar, que não respeitam nenhuma lei, que são beligerantes por natureza, que se organizam em bandos e aterrorizam as pessoas normais. Até fisicamente e na voz fazem lembrar. Mas não posso dizer quem são, ou ainda me espetavam um tiro ou um processo!

      Também essas "comunidades" de parasitas são adoradas pela esquerda ideológica, sobretudo a esquerda caviar, que nunca sequer viu nenhum ao vivo!

      I.B.

      Eliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.