quarta-feira, 23 de abril de 2014

Árabe, Muçulmano, Israelita e Sionista


Nome: Dado Haskia
Etnia: Árabe Israelita
Religião: Muçulmano
Residência: Israel

"Sou Sionista porque sou israelita. Quem tentar atingir Israel, pode contar com a nossa reacção. E é tudo."
Hoje o Público traz uma fotogaleria de adolescentes árabes em Israel. Contribuímos com o exemplo de Dado Haskia, leal ao seu país, independentemente da origem étnica e da religião. Não esperamos menos de todos portugueses, independentemente das respectivas religiões e origens étnicas. Todos devemos ser leais ao país que é a nossa casa.
"Os jovens retratados nesta fotogaleria têm vários aspectos em comum: todos têm 18 anos — e por isso já são considerados legalmente adultos —, vivem em Israel e são árabes. Fazem, por isso, parte dos 20% de árabes a viver em território israelita. Ao contrário dos israelitas judeus, a maioria destes jovens não ingressa na vida militar quando completa esta idade. "Escolhi retratar os meus assim 'inimigos' para destacar o impacto que o conflito interno e cultural teve nestes jovens homens e mulheres, quer individual quer colectivamente", explica o fotógrafo, Natan Dvir. Para tal fotografou pessoas de vários contextos sociais, económicos e culturais. "Eighteen" é o nome da série de fotografias que o israelita e judeu tirou, num projecto que o levou a estabelecer contactos com uma parte da população de Israel que desconhecia, apesar de ser uma "minoria grande", como o próprio diz. "Se eu, um judeu e israelita, fui aceite e me foi permitido entrar na vida destas pessoas, outros também o podem fazer", sublinha. Afinal, é este o objectivo do seu trabalho: "reconciliar através da compreensão e do respeito"."
in PÚBLICO

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.