domingo, 15 de setembro de 2013

Mulher ao Volante, Perigo Constante!

Este iluminado clérigo muçulmano explica que as mulheres não devem guiar, porque tal acto de "ocidentalização" levará às sociedades islâmicas a mesma degradação que, em sua opinião, grassa no Ocidente. Permitir às mulheres que guiem, é, para este clérigo, a estratégia que logo a seguir as levará a andarem pelas ruas em liberdade, vestidas como prostitutas, numa decadência moral abominável. Andarão de cara descoberta e sem acompanhante masculino (ó horror!), o que lhes dará oportunidade de conhecerem homens!!! 

O clérigo considera que nenhuma mulher foi tão oprimida na História da Humanidade como as mulheres ocidentais são hoje, porque ao saírem de casa são violadas pelos homens ocidentais, que, segundo ele, deitam a mão a qualquer mulher que lhes agrade - o que é estranho, atendendo a que em muitos países europeus, a percentagem de violações cometidas por muçulmanos é de 100% e perto disso! Ou talvez não, porque os muçulmanos, quando cá chegam e vêem mulheres sem burqa e a guiarem, levam as palavras deste clérigo à letra. Costumam justificar-se alegando que não sabiam que não era permitido, pois são muçulmanos! Para não falar dos casamentos de adultos com meninas (que muitas vezes morrem de hemorragia), da mutilação genital feminina, do espancamento e submissão das mulheres, etc.). Veja a nossa etiqueta "Mulheres".



Para que os leitores possam aquilatar da malvadez da nossa Civilização, apresentamos um exemplo degradante de uma mulher que cometeu o pecado da condução, a campeã mundial de rallies Michelle Mouton, a quem as chamas do Inferno consumirão por toda a Eternidade:




Em contraponto, a exultante felicidade perfumada das mulheres no Islão, a que tantas mulheres ocidentais aspiram (e são livres de a viver - lá, de preferência):



Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.