domingo, 15 de setembro de 2013

John R. Houk sobre o 9/11 - Conclusão



 O 11 de Setembro deve lembrar que os Americanos estão em guerra com o Islão
John R. Houk
Um documento dos serviços secretos da Líbia foi agora apresentado pelo credível tradutor de Árabe Raymond Ibrahim. Este documento aborda as confissões de seis membros de uma célula egípcia da Ansar al-Sharia, que foram presos e provado o seu envolvimento nos ataques de Benghazi. Ibrahim relatou o seguinte sobre este documento:

Os resultados preliminares da investigação descobriram uma "célula egípcia", que esteve envolvida no ataque ao consulado - "com base em confissões de alguns dos detidos no local, seis pessoas, todos eles egípcios" do grupo jihadista Ansar al-Sharia ("Partidários de Lei Islâmica"), que foram presos.

De acordo com o relatório, durante os interrogatórios, os membros da célula jihadista egípcia confessaram informações muito sérias e importantes sobre as fontes de financiamento do grupo e os planeadores do assalto e queima do consulado dos EUA em Benghazi .... Entre as figuras mais proeminentes, cujos nomes foram mencionados pelos membros da célula durante as confissões, estava o presidente egípcio, Mohamed Morsi ... (Há mesmo que ler, ver e ouvir todas as evidências, no artigo - Egipto envolvido em ataques de Benghazi; por Walid Shoebat, Ben Barrack e Keith Davies; Shoebat.com; 2013/06/30 )


Fala-se sobre uma conspiração. Esta documentação oferece dados para converter a teoria em FACTO! 

Termino o artigo aqui, e com espanto. Apresentei dados concretos sobre a transferência de armas - inconstitucional -  da Líbia para os muçulmanos radicais na Síria. O que eu não entendo - ainda - é porque é que os terroristas ligados à Al-Qaeda chamados Ansar al- Sharia atacaram uma missão diplomática dos EUA que tratava de enviar armas para os seus companheiros terroristas islâmicos na Síria. Fala-se de um sequestro mal sucedido, do embaixador Chris Stevens, para forçar os EUA a libertar prisioneiros muçulmanos encarcerados em prisões americanas (ou mesmo Guantanamo), mas porque mordem eles a mão que os alimenta - pelo menos até o golo da vitória islâmica ser marcado?
E cá vamos nós - mais trabalho a ser feito bloggers industriosos. É sabido que os media mainstream não vão revelar detalhes, a menos que a verdade lhes bata nos olhos com violência.
JRH 9/11/13Por favor, apoiem SlantRight 2.0

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.