terça-feira, 30 de julho de 2013

O que são 'taliban'?

'Taliban atacam prisão e libertam 250 combatentes detidos no Paquistão' - conta o Público. Como é comum na Imprensa mainstream, os taliban são chamados "combatentes", e pouco ou nada se adianta sobre as suas actividades e ideologia.


De tal forma que boa parte dos cidadãos do Mundo Livre, intoxicados pela inversão de valores do chamado marxismo cultural, cultivam uma visão romântica dos taliban, como a que alguns têm de psicopatas genocidas tais como Stalin, Mao, Hitler ou o incontornável ícone pop Guevara.



 Dzhokhar Tsarnaev, terrorista da maratona de Boston e novo herói da Esquerda-caviar

Sobre os taliban, escreve um leitor do Público:
"Pois, mas é neles (taliban) que reside o futuro e não em nós, que nos despojamos dele nas nossas sociedades ocidentais amorais e artificiais. Vejam a sua demografia e vejam a nossa. Acaso em Portugal as pessoas dispõem-se a lutar? Nada, não se vê nada, apesar das tremendas e profundas injustiças que a maior parte da população vive. Se não fosse o movimento sindical militar que levou a cabo o 25 de Abril, porventura ainda hoje viveríamos numa ditadura, por sinal mais virtuosa que a prostituta da democracia."
 E outro vai ainda mais longe:
"Os Talibã nunca desistem! Não há prisão que lhes resista! São homens com "H" grande! Maior do que eles só mesmo Alá"
Seria bom que se esclarecesse esta gente de que os taliban são auto proclamados "estudantes de teologia islâmica", que por procedimento rotineiro decapitam pessoas enquanto recitam preces à respectiva divindade. O crime destas pessoas, degoladas e queimadas vivas, respectivamente, foi terem ido a uma festa em que houve música e dança. Business as usual para os glorificados taliban.

ATENÇÃO QUE AS IMAGENS SÃO EXPLÍCITAS. SE CLICAR NAS PALAVRAS AVIVADAS A AMARELO, TENHA ISSO EM CONTA, SFF.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.