segunda-feira, 22 de julho de 2013

Flagrantes da jihad global

 200 homes torched, shops looted in WB

"Hindus, xiitas, outras minorias, vêem a sua situação piorar no Paquistão: relatório dos EUA", EFE, 18 de Julho:

     Washington, 18 de Julho: A parca liberdade religiosa para os cristãos, ahmadis e hindus continuou a deteriorar-se no Paquistão nos últimos 18 meses, de acordo com um corpo dos EUA que monitora violações à liberdade religiosa no exterior.

    O
projecto de monitorização da Violência Religiosa no Paquistão, comunicou esta quarta-feira, na Comissão dos EUA sobre Liberdade Religiosa Internacional (USCIRF) ter rastreado 203 incidentes relatados publicamente de violência sectária, resultando em mais de 1.800 vítimas, incluindo mais de 700 mortes. (...)

 ------------------

 Anubrata Mondal

 "Na Índia, líder muçulmano ameaça decapitar líder do Congresso em Bengala Ocidental", do India Today, 22 de Julho:

     O líder do partido islamista Trinamool pediu aos funcionários do partido para atacarem casas de candidatos independentes nas eleições em curso, e um congressista do Trinamool domingo ameaçou publicamente decapitar um líder do Congresso.

     A ameaça foi dirigida a Bapi Dutta, um líder do Congresso de distrito Birbhum.

     "Bapi Dutta, eu não iria levar um minuto a decapitar-te!", gritou Monirul Islam, membro do Trinamool no distrito de Birbhum, num comício eleitoral.

    (...)
     Dutta, o alvo do ataque verbal, reagiu: "Não há dúvida de que o Congresso Trinamool é um partido de anti-sociais As pessoas vão dar ao Islã uma resposta condizente nas eleições." (...)

----------------------------------

 Religious hardliners declare Jihad on Afghanistan's TV talent shows
 "Extremistas religiosos declaram 'jihad' aos espectáculos de TV caça-talentos do Afeganistão", por Zubair Babakarkhail e Rob Crilly no Telegraph, 21 de Julho:

     Extremistas religiosos declararam a jihad (guerra santa) contra os novos talentos da Televisão
que fazem sucesso no Afeganistão, condenando a maneira como apresentam as mulheres: sem véu, cantando e dançando.     Os programas - calcados em modelos ocidentais, como The Voice e Ídolos - são extremamente populares num país com uma população jovem e onde a posse de televisão disparou desde que os Taliban foram derrubados em Cabul, em 2001. (...)

-----------------------------------------


Menina iemenita de 11 anos escapa a casamento forçado: "Eu não sou a única .... Há muitos casos como de crianças que decidem lançar-se ao mar Estão mortas agora. Eles ameaçaram matar-me se eu fugisse para casa do meu tio."

"Nada Al-Ahdal, iemenita de 11 anos, foge casa para evitar o casamento forçado: 'Preferia matar-me!'", de MEMRI, 8 de Julho


-----------------------------------------------

"Isto é o que acontece quando os franceses tentam manter a sua própria integridade social e cultural e um único regime jurídico para todos os cidadãos e, simultaneamente, admitem no país um grande número de supremacistas islâmicos."
Robert Spencer
"A violência continua na França contra a proibição de véu islâmico", da CBS News, 21 de Julho:

     PARIS: Cerca de 20 carros foram incendiados e quatro pessoas detidas na segunda noite de violência nos subúrbios a oeste de
Paris. (...)


------------------------------------------------------

 Future threat: Taliban children aged five are pictured being trained to fire guns in Afghanistan
"Eu quero fazer a Jihad por amor a Allah. Está escrito no Alcorão que tenho permissão para matar infiéis, como mataria um cão." Aos 5 anos já têm treino terrorista.
O Imam Rauf, Nihad Awad, Mustafa Akyol e uma série de outros luminárias muçulmanas estão a invadir Cabul, enquanto falamos, determinados a explicar aos jovens que o Alcorão é, na verdade, um livro de paz e tolerância, e não ensina como matar infiéis, "como cães".
Estarão?... Não, não estão!
Eles estão preocupados apenas em convencer os não-muçulmanos que o Islão é uma religião de paz" (...)
Robert Spencer

"Taliban tentam fazer de menino de oito anos de idade, um homem-bomba: rebeldes afegãos recrutam órfãos
famintas com doces e subornos de 60 cêntimos" por Nikki Murfitt para o Daily Mail, 20 de Julho

     Insurgentes taliban no Afeganistão subornam
crianças famintas  a partir dos oito anos de idade para plantar armadilhas mortais na estrada, ser chamarizes em emboscadas e até mesmo agir como homens-bomba. (...)

     Apesar de os fundamentalistas islâmicos 'afirmarem que não têm filhos nas suas fileiras, os extremistas têm estado activamente a recrutar meninos órfãos e desabrigados e treiná-los para usar armas de fogo, dispositivos explosivos improvisados ​​(IEDs) e coletes suicidas. (...)

 ------------------------------------

No Cairo, ex-ministro de Morsi e membro da organização terrorista Irmandade Muçulmana, espanca criança numa manifestação. O motivo? As ideias democráticas do menino.



-----------------------------------

"Três homens de Barking e Dagenham men condenados em julgamento de rede de violadores," por Anna Dubuis para Barking and Dagenham Post, 19 de Julho

No Reino Unido, condenado mais um gang de violadores muçulmanos  descoberto e condenado. Frequentemente estes gangues declaram não compreender o que há de errado com os seus actos, pois a sua religião permite-lhes ter escravas sexuais, desde que sejam "infiéis". As esposas já o são por natureza. Esta activista política islamista do Kuwait explica que o islão permite a compra de escravas sexuais:



 ____________________________________

Podíamos estar aqui 24 sobre 24 horas a informar sobre o andamento da jihad global em termos de assassínios, execuções arbitrárias, violações sexuais, escravatura, motins, decapitações, bombistas suicidas, ataques terroristas, difamação, cultura do ódio, etc., etc..

Por promoverem o esclarecimento acerca da jihad global, Robert Spencer e Pamella Geller foram proibidos de entrar no Reino Unido pelo lóbi jihadista e são difamados pelos media islamófilos.

Para contribuir para os custos da acção legal contra esta proibição islamofascista - aqui.

Para assinar a petição contra esta proibição islamofascista: aqui - here.

Para combater a islamização e o terrorismo islâmico globais, de forma rigorosamente pacífica e legal - Não tenha MEDO! Exerça a sua cidadania!

Para aguardar serenamente o Califado Global e a Sharia - fique quieto.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.