domingo, 7 de julho de 2013

Já vai tarde...



Após oito anos de tentativas frustradas, o Governo britânico deportou na madrugada deste domingo o líder religioso Abu Qatada para a Jordânia. Era conhecido como o embaixador de Bin Laden na Europa.

Aplaudimos esta iniciativa e a anunciada intenção do Reino Unido, de deportar todos os apoiantes do terrorismo jihadista. O que é lamentável é que demore 8 anos a expulsar um indivíduo destes!

Aconselhamos vivamente a leitura do artigo do Público, que desta vez não escamoteou a realidade e divulgou a folha de serviços deste senhor.

Só a título de experiência sociológica, enquanto este vosso criado estava a alinhavar este post, chegaram as seguintes notícias:

Na Índia, terroristas islâmicos lançaram o terror no lugar mais sagrado para o Budismo, a  cidade-templo de Mahabodhi:



No Egipto, apoiantes de Morsi com bandeira da al-Qaeda, matam democratas:


Também no Egipto, islamistas assassinam padre cristão copta: notícia aqui.

Mais um gangue de violadores islâmicos descoberto no Reino Unido*: notícia aqui.

* Lembramos que no Islão há muitos clérigos e outras figuras de autoridade que encorajam a escravatura sexual à luz das respectivas Escrituras: 

3 comentários:

  1. A da altura deixei de ler. Depois achei por bem ir respondendo à jihad jornalística que por vezes lá acontece :/

    Abraço,

    I.B.

    ResponderEliminar
  2. "Aconselhamos vivamente a leitura do artigo do Público, que desta vez não escamoteou a realidade e divulgou a folha de serviços deste senhor."

    UI... Alguém se enganou e vai ser despedido lol

    ResponderEliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.