terça-feira, 29 de julho de 2014

Pelosi e o Hamas: agora acredito no Pai Natal

Tenho denominado, de modo irónico, ao Hamas de "organização humanitária" tal como, já não de modo irónico, alguma imprensa filo-islâmica o tem feito, precisamente na mesma linha de uma tal senhora cripto-muçulmana de nome Margarida "o islão é incompreendido" Santos Lopes que deu eco ao mito de que nunca, mas nunca a Irmandade Muçulmana chegaria ao poder e que agora continua a veicular mentiras excrementosas a partir de Angola (se tiverem o mínimo de amor pela verdade não acedam ao link precedente: podereis morrer ao não encontrarem quase nada de verdadeiro lá). Mas nunca pensei que alguém supostamente inteligente acreditasse nisso. Estava enganado: a líder da minoria na Casa dos Representantes dos USA, Nancy Pelosi veio agora dizer que sempre acreditou quando o Qatar lhe disse, diversas vezes, que o Hamas era, de facto, uma "organização humanitária".
 
 
a senhora Nancy Pelosi quando descobriu que o Qatar, seguindo o exemplo do mentiroso Maomé, lhe mentiu acerca da natureza do Hamas
 
Depois disto, que é apenas mais um sintoma da islamização anti-judaica dos USA na presidência do senhor Barack Hussein (ou seja, "Abençoado Bom" em árabe... e quão ele o tem sido para os muçulmanos), me parece o cúmulo da estupidez política, volto a acreditar no Pai Natal.
 
 
a senhora Nancy Pelosi quando descobriu que até hoje eu não acreditava no Pai Natal

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.