terça-feira, 29 de julho de 2014

O tumor cancerígeno do Público



O tumor deixou metástases


Na devida altura chamámos a atenção para este senhora, MENTIROSA, ODIADORA DE ISRAEL, BRANQUEADORA DO TERRORISMO ISLÂMICO, QUE SE SERVE DA NOBRE PROFISSÃO DE JORNALISTA PARA DAR FORÇA À JIHAD GLOBAL.

No post

Filo-Muçulmana

perguntámos: 

'Quem manda no filo-muçulmano "Público"?'

E ainda hoje não sabemos. 

Desmontámos as MENTIRAS repugnantes desta senhora, que teve o desplante de, entre outros feitos, publicar este famoso mapa de propaganda terrorista-islamista, como sendo verdadeiro:

 

O carimbo 'MENTIRAS', e a respectiva desmontagem, é do Philipe Assouline. A tenebrosa Margarida publicou este peça velha e relha de propaganda islamonazi como sendo verdadeira!

Pensávamos, na nossa incurável ingenuidade, que seria impossível ser-se mais abjectamente pró-terrorista islamista e antissemita do que os artigos de Margarida Santos Lopes davam a entender. 

Estávamos enganados. Caímos das nuvens quando seguimos este link que o nosso companheiro de blog, em mais um dos seus excelentes posts, indicou. 

Fez-nos lembrar a Viúva Branca. Não temos palavras nem indignação que cheguem para exprimir o que pensamos de uma mulher como esta ter acesso a um dos mais conhecidos e prestigiados jornais portugueses. 

Será Portugal uma República Islâmica?  Hitler terá ressuscitado e é director daquele que costumamos designar como Al-Público?

Não nos atrevemos a imaginar de que será capaz uma mulher como esta. E, como se não bastasse, tem uma quantidade enorme de sequazes, que, na referida publicação, continuam a sua  campanha. Vivemos tempos estranhos. E perigosos.

 

2 comentários:

  1. olhe que ela agora não escreve no Público. O texto que está a comentar foi publicado num jornal angolano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei, amigo. Daí tê-la classificado como o tumor cancerígeno que deixou lá as suas metástases. Ela foi-se, mas ficaram outras que odeiam Israel com o mesmo ódio de espumar pela boca, e que adoram o islamismo. Uma tal Sofia Lorena, esteve na Síria e descreveu os terroristas como uma espécie de anjos, enquanto difama Israel com quantos dentes tem na boca. E essa é apenas um exemplo. A Lopes Santos, espero que fique lá bem longe, a trabalhar para qualquer ditadura comunista ou islamista, e não venha poluir o nosso ar.

      Obrigado,

      J.J.

      Eliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.