quarta-feira, 6 de agosto de 2014

"Uma Misteriosa Tenda Azul"


Insistimos em que a opinião pública é importante e pode ajudar a trazer Paz. 

Lembramos que o bom-senso manda que se ouça as duas partes em qualquer contenda. Não se deixe intoxicar pelos media, sempre sensacionalistas e habituados a "malhar" nos mesmos, porque é politicamente correcto, por inépcia ou por agendas inconfessáveis.


Esta peça foi transmitida pela NDTV, da Índia, mas só após a equipa de jornalistas ter deixado a Faixa de Gaza, porque o bando terrorista Hamas, segundo os repórteres, "não leva muito a bem os relatos de que dispara mísseis do meio de áreas civis"
Tenham presente os nossos leitores que este é apenas um exemplo de jornalistas que já vão tendo coragem para mostrar e contar como é que o  Hamas provoca baixas entre a sua população. Quando não a mata por suspeitas de «traição», ou com mísseis mal apontados, procura deliberadamente baixas civis, usando escudos humanos - está no manual deles, aliás:

O manual de terrorismo do Hamas

Nada que incomode invertebrados jornaleiros nacionais, como por exemplo a famosa Mata-Hari da Buraca, também conhecida como Márcia Rodrigues - que é apenas um exemplo entre a legião de Hamasianos cá do burgo.
 

"Exclusivo
NDTV: Como o Hamas monta e dispara mísseis"
por Sreenivasan Jain, NDTV, 5 de Agosto de 2014

     Gaza: Minutos antes do cessar-fogo desta manhã, o Hamas,
em Gaza, disparou uma salva de mísseis contra Israel - 30, de acordo com algumas contagens.

     Israel insiste em que os mísseis são disparados a partir de áreas civis, e é por isso que os ataques de retaliação podem resultar em mortes de civis.

     Esta manhã, a NDTV testemunhou a montagem de um silo de lançamento de mísseis, sob uma tenda, ao lado do hotel onde a nossa equipa estava hospedada. Minutos depois, vimos o primeiro míssil ser lançado, pouco antes do cessar-fogo de 72 horas entrar em vigor.

     Tudo começou com uma misteriosa tenda azul, que começou a ser montada ontem (04 de Agosto) às 6:30 da manhã, numa cova aberta mesmo ao lado da nossa janela. Nós vimos três homens fazerem uma infinidade de viagens dentro e para fora da tenda, às vezes com fios.

     Uma hora depois, eles saíram, desmontaram a barraca, trocaram de roupa e afastaram-se.

     Na manhã seguinte - hoje - acordámos com a notícia do cessar-fogo de 72 horas, e, pouco antes de este entrar em vigor, os mísseis foram lançados mesmo ao lado do nosso hotel. Houve uma forte explosão e um som sibilante. A nuvem de fumo subiu, e foi filmada pelo nosso cameraman.

     Esta peça só foi exibida na NDTV de pois de termos deixado a deixou a Faixa de Gaza - o Hamas não aceita muito gentilmente que se divulgue como os mísseis são lançados.
 
        Da mesma forma que relatámos as consequências devastadoras de ofensiva de Israel junto dos civis em Gaza, é igualmente importante informar sobre como Hamas põe esses civis em risco ao disparar foguetes bem do meio de zonas habitacionais civis.


Apoie Israel, guarda avançada do Mundo Livre  em terras de supremacismo islamista!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.