terça-feira, 5 de agosto de 2014

Está tudo dito (11)

Mais um dia, mais um conjunto de quatro cartoons que retratam, até à medula, o que até hoje se esteve a passar no conflito Hamas-Israel. Sei que dá que pensar e nos dias de hoje há poucas pessoas que gostem de o fazer (é muito mais fácil gritar slogans), mas há que tentar fazer passar a mensagem da verdade.

 





E num presente para todos os desinformadores do Al-Público:

3 comentários:

  1. mal empregado o teu avô não ter morrido num campo de concentração, judeu de merda!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo,

      Este não é um blog «de judeus». Mas, quando se trata de pessoas más e preconceituosas como o meu amigo, somos todos judeus, tibetanos, darfurianos, chiapas, etc., etc.. Porque somos todos PESSOAS, e para nós toda a gente é, antes de tudo, uma PESSOA.

      Não nos importa a etnia, a religião, a cor da pele, a nacionalidade, a orientação sexual, ou seja que característica for, de ninguém. Só nos interessa a DECÊNCIA - que o meu amigo manifestamente não tem.

      A ignorância é atrevida, mas no seu caso é também mal educada e maléfica.

      Já tem acontecido haver antissemitas e racistas, que, através do estudo da árvore genealógica ou de análise de ADN; descobrem que pertencem ao grupo étnico que odeiam. Já pensou que pode ser o seu caso? E que lógica tem odiar alguém por algo que não está nas mãos da pessoa mudar?

      Imagine-se na posição das pessoas a quem dirige tão duras e injustas palavras.

      José João de Jesus

      Eliminar
    2. anómio,pena não estar lá o teu avô,que hoje não estarias aqui...terrorista repugnate

      Eliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.