sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Hamas rompe cessar-fogo (novamente)

Após o muito badalado cessar-fogo humanitário de 72 horas que entrou em vigor hoje, dia 1 de Agosto de 2014, o Hamas ignora esse mesmo cessar-fogo, lança rockets sobre Israel e rapta um soldado israelita que estava a destruir túneis do Hamas (como o acordo para tal cessar-fogo permitia), naquilo que até os USA, cada vez mais alinhadas com os financiadores do Hamas e com este, classificaram de "bárbara" e "absolutamente ultrajante quebra do cessar-fogo" (o mesmo se diga do, ainda mais alinhado com o islão, Ban Ki-moon). Ou seja, e em termos de rompimentos de cessar-fogos, Hamas 5 - Israel 0, mostrando, mais uma vez a todos que queiram ver, a dimensão do amor do Hamas pela população de Gaza que era quem mais beneficiaria por tal cessar dos combates. Título da notícia, não assinada, no Al-Público? Simples: Não houve cessar-fogo na Faixa de Gaza, onde morreram mais 30 pessoas (entretanto mudado para Não houve cessar-fogo na Faixa de Gaza, onde morreram mais de 50 pessoas).
 
Ou seja: nada de dizer quem rompeu com o dito cessar-fogo (nem no corpo da notícia, onde a informação sobre esse facto é colocada na boca do primeiro ministro de Israel) e, sobretudo, voltar imediatamente as atenções para as malvadezas de Israel com a referência às mais trinta vítimas que, segundo o ministério da des-informação do Hamas, ocorreram em Gaza. Sejamos francos: deve-se dar os parabéns ao Al-Público pela sua coerência na sua sistemática tentativa de demonizar Israel e desculpabilizar os terroristas do Hamas.

Imagino que esta constante referência ao Al-Público até possa parecer uma fixação, mas só o seria se fosse injustificada. Bem preferiria não ter que me referir a tal publicação, mas a sua persistente toada anti-semita e filo-hamas, embora já aborreça, não mo permite. A verdade está, e estará sempre, à frente de tudo o mais.

 
o Hamas preocupa-se com os habitantes de Gaza
ou
os porcos voam mesmo


UPDATE 1: sublinhado a verde.
UPDATE 2: imagem
UPDATE 3: sublinhado a violeta

2 comentários:

  1. E a Rádio Renascença também: "Cessar-fogo em Gaza quebrado. Pelo menos 40 mortos em novo ataque"
    http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=26&did=157536

    ResponderEliminar
  2. Quem insiste é o Al-Público, e os media em geral. Não somos nós.

    J.J.

    ResponderEliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.