quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Alegria no Trabalho!!!

ACTUALIZAÇÃO: NO CALIFADO EM EXPANSÃO, E PARA ALÉM DOS MATADOUROS E DO CANIBALISMO DOS CRISTÃOS, OS YAZIDI, IGUALMENTE PERSEGUIDOS, ENTERRADOS VIVOS, VÍTIMAS DE ESTUPROS COLECTIVOS, JÁ CORTAM OS PRÓPRIOS PULSOS PARA ALIMENTAREM OS FILHOS COM SANGUE.



Olá amigos,

Vamos a uns salpicos de jihad?

Neste vídeo, um clérigo muçulmano explica a melhor maneira de decapitar o infiel, e chama a atenção para que é diferente do abate de animais. A espada deve ser colocada no pescoço e depois movida para trás e para frente para cortar a garganta. E que o acto deve ser cometido com alegria e diversão. Dona Maria de Lurdes Modesto, aprenda que eles não duram sempre (esperemos...).

   

“E quando encontrares os infiéis, corta-lhes a garganta"  (Alcorão 47:4)

Obama & C.a "asseguram" que o O ISIS não é uma ameaça para o Ocidente, e que só tem "objectivos locais" (o genocídio dos cristãos e outras minudências). Enquanto isso, em Londres, muçulmanos distribuem panfletos em louvor do Califado Gobal, saudando a "Alvorada de Uma Nova Era".

Newsweek, 12 de Agosto, 2014



De pequenino se retorce o menino, é bem sabido. A australiana Tara, que tem uma dita de todo o tamanho, converteu-se ao Islão, foi para a o Califado com o maridão muçulmano Sharrouf, decapitar infiéis. Como se não bastasse, levou os cinco filhos de ambos, que já ajudam:


 Decapitar em família, é outra loiça!

O Alcorão, em passagens como  (60:4) ou (9:23) manda renegar a família, se esta não for muçulmana. Por isso, os pais da Tara ficaram na Austrália, esquecidos, enquanto os netos andam na religião da paz. A notícia está no The Daily Telegraph, 12 de Agosto de 2014.



 Viva o Irão! Viva Bomba Antónia! Viva o Che Guevara!

Do Irão, país que a Esquerda quer que se torne depressa uma potência nuclear, para extinguir Israel (queriam!!!), chega mais do mesmo. Segundo Massoud Jazzayeri, terrorista chefe das Forças Armadas do Estado terrorista do Irão, a Judeia e Samaria deve ser armada, à semelhança de Gaza, para acelerar a aniquilação de Israel. Mais diz o terrorista, que tal acontecerá "se Obama e Kerry entrarem no bom caminho". A notícia é do Algemeiner de ontem.

Enquanto prega a Solução Final para os judeus, o adorável regime iraniano PROÍBE A CONTRACEPÇÃO. O que dirão as feministas deste mundo?

Em Gaza, clérigos islamistas afirmam sem rodeios querer sacrificar 2 milhões de "mártires". Como só há 1,7 milhões de Gazenses, há que aumentar a natalidade.



 E agora,um barbudo tão porreiraço como o Fidel:


Da Síria e Iraque, que já não existem e foram substituídos pelo Califado Global, o maroto do terrorista chefe Omar al-Shishani "dá as boas vindas" aos raides aéreos norte.americanos. A AAP transcreve a entrevista deste piedoso muçulmano, deste divertido traquinas, que, entre outras lindezas, diz o seguinte:

"Queremos que os bebés chorões dos americanos venham, e que chorem um bocadinho pelos seus salários, pelos seus benefícios, pela sua mulherzinha e pelo seu cãozinho, enquanto nós os chacinamos"

"A jihad continuaaté que o mundo inteiro esteja sob o domínio de Alá".

Questionado pelo jornalista australiano se isso incluía a Austrália, ele disse: "Se nós pudermos nadar até lá, se deitarmos a mão a qualquer dos vossos barcos ... vamos para a Austrália."


O terrorista muçulmano Barack Hussein Obama, para além da sua jihad contra Israel, abriu caminho ao Califado, com a retirada das tropas norte-americanas da região. Sob a sua administração, as baixas norte americanas cresceram exponencialmente.

No Daily Mail, Robin Harris chama a tenção para o óbvio: Obama e David Cameron (outro que tal!), estão em negação sobre o avanço da Revolução Islâmica Global, porque esta expõe a sua ingenuidade. 

Não cremos que seja ingenuidade. Da parte de Obama é uma mistura de islamismo e estupidez. E da parte de Cameron é estupidez e incompetência.

Enquanto isso, morrem da maneira mais atroz (queimados vivos, decapitados e comidos, enterrados vivos, etc.), cristãos e outras minorias religiosas.



A minoria Yazidi foge ao genocídio islamista e tenta desesperadamente atingir o Kurdistão iraquiano. A ajuda norte-americana tem-se perdido, por ser lançada de altitudes acima do limite e sem pára-quedas, mas o que é importante é que o deus Obama fique bem nos media globais. Obama é inquestionável, como qualquer líder esquerdista, seja ele Sócrates, Lula, Castro, Dilma, Chàvez, Arafat, ou qualquer dos Kims da Coreia do Norte. 70% da minoria Yazidi já foi dizimada, pela fome, pela doença e pelos jihadistas.


É disto que o meu povo gostaaaaaaaaaa!!!...

Bo, o cão de água português dos Obama, vale incomensuravelmente mais para a opinião pública imbecilizada, do que os milhões de cristãos e outros desgraçados que são dizimados e literalmente devorados pelos bárbaros do ISIS.

Assim vai o Mundo...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.