terça-feira, 6 de maio de 2014

Dia da Independência


  
Reconhecendo as realizações de Israel

Se houvesse um retrato mais honesto sobre Israel nos media,elas seriam mais conhecidas.


 
Recognize Israel's Accomplishments from HonestReporting



Feliz Aniversário, Israel! Celebrando o Dia da Independência!
O Yom Ha'atzmaut, que se traduz como o Dia da Independência de Israel, comemora a fundação e criação do único Estado judeu no mundo inteiro.

O feriado é comemorado no dia 5 do mês Hebraico de Iyar, a data em que primeiro-ministro de Israel, David Ben-Gurion, leu a Declaração de Independência de Israel, dizendo: "Em nome do povo judeu, declaramos a estabelecimento de um Estado judeu na Terra de Israel, a ser conhecido como Estado de Israel. Israel estará aberto à imigração judaica e à reunião dos exilados; vai promover o desenvolvimento do país em benefício de todos os seus habitantes; será baseado na liberdade, justiça e paz, como imaginado pelos profetas de Israel; vai garantir plena igualdade de direitos sociais e políticos para todos os habitantes, independentemente da religião, raça ou sexo; vai garantir a liberdade de religião, consciência, língua, educação e cultura; respeitará os lugares sagrados de todas as religiões".

Além da cerimónia oficial de Estado no Monte Herzl, que é transmitida para todo o país, várias cidades israelitas costumam convidar grupos de danças folclóricas israelitas e cantores, que actuam após os fogos de artifício das cerimónias oficiais. (...)

Muitas vezes as celebrações prolongam-se pela noite, com dança até ao amanhecer. Este é considerado um excelente momento para os comerciantes locais, que aproveitam para vender aos israelitas artigos necessários neste dia de celebração.


No dia de Yom Haatzmaot, os israelitas fazem piqueniques, churrascos, e vão em caminhadas pela natureza. Muitas vezes, os jovens israelitas armam tendas na praia e passam a noite de Yom Haatzmaot a acampar, grelham frango, kebabs, e outros tipos de carne, servem pão pita, hummus e saladas.

No dia do Yom Haatzmaot, o IDF promove desfiles especiais. Os espectadores, nas praias de Israel, podem ver aviões de guerra do IDF cruzando os céus de Israel, como parte de uma exibição especial para o público israelita. Unidades do Exército são abertas aos civis israelitas. Este dia é geralmente celebrado com a concessão do Prémio Israel, que reconhece o trabalho de israelitas nas suas contribuições para a Humanidade, a Ciência e para a Sociedade em geral.

- O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, sobe até o tecto do seu escritório para fazer algumas melhorias em casa, em preparação para o 66 º Dia da Independência de Israel:


 

É com profunda emoção - a mesma emoção que nos liga a todos os que são perseguidos e injustiçados - que desejamos um feliz aniversário ao moderno Estado de Israel. Depois de tantos massacres, de tantas expulsões em massa da sua terra, de tantos genocídios, de tanto sofrimento, esta alegria, esta entrega ao trabalho, este amor à liberdade e à democracia, são para nós um exemplo e uma fonte de alento. Desta vez, os bons ganharam. Que o Bem continue a prevalecer sobre o Mal. Que os israelitas nunca mais venham a  ser expulsos da sua terra e que a velha chaga do anti-semitismo possa um dia sarar de vez. Viva Israel!

1 comentário:

  1. Duas boas noticias:
    - Israel continua de pé;
    - A Siria está a eliminar as carraças da Jihad.

    ResponderEliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.