quinta-feira, 6 de março de 2014

O Livro dos Números


Israel intercepta mísseis do Irão para a Faixa de Gaza - PÚBLICO


Se o Livro dos Números (um dos do Pentateuco do Antigo Testamento/ Torah, para quem não sabe), fosse escrito hoje diria por exemplo que:
  - A população muçulmana vai em 1, 6 biliões e alcançará os 2,2 biliões em 2030. Os israelitas são pouco mais de 8 milhões
- Desde há 65 anos que essa mole imensa de gente e esse território incomensuravelmente maior que Israel tenta acabar o que Hitler começou (e os Árabes colaboraram nisso); Israel não conheceu um dia de paz
-  Israel já deu mais de 2/3 do seu território em troca da paz; essas terras foram tomadas pelo Egipto e pela Jordânia
- Toda a mancha verde, encarnada e azul, no mapa em cima, são países muçulmanos; o problema não é território - é ÓDIO a Israel!
- Israel é uma ínfima lasca de terra com 20.770 km² - bem mais pequeno que o nosso Alentejo, que mede 31.551 km² Mas o ódio do Mundo islâmico, comunista e neo nazi, concentra-se nessa minúscula faixa de terra.
- Desde que Israel deu Gaza aos Árabes, já lançaram de lá cerca de 14 mil mísseis sobre os civis israelitas, com predilecção pelas crianças
- A Imprensa raramente ou nunca mostra essas vítimas
- Israel é o povo nativo e tem uma permanência ininterrupta na SUA Terra, desde há mais de quatro mil anos
- Os Árabes, como tantos outros povos, foram INVASORES em Israel; mas gozam de direitos iguais aos dos judeus, beduínos, druzos, todos os cidadãos de Israel
- Não UM ÚNICO país muçulmano que seja livre e democrático
- Israel é 1% do Médio Oriente

- Israel é a ÚNICA democracia do Médio Oriente
- Houve SEMPRE mais judeus do que árabes em Israel (conforme já aqui demonstrámos várias vezes)
- O Plano de Partição Britânico deu a maior parte do território aos Árabes; Israel não refilou, queria era ter a sua independência restaurada, mesmo perdendo a maior parte da Terra
- Os Árabes atacaram Israel todos os dias desde a restauração da sua independência
- Os Árabes não aceitaram e/ou violaram TODOS os acordos de paz

Todo o mundo muçulmano está em guerra perpétua contra o Mundo e entre si. Mas o ódio a Israel, une-os a todos, como vemos nesta colaboração, desmontada pala Marinha de Israel, para grande raiva de alguns:

Israel anunciou que interceptou um carregamento de armas do Irão no Mar Vermelho destinado a Gaza. O barco, transportando mísseis M-302 foguetes, está agora a ser rebocado para Eilat.
A YNet relata:
Tropas de elite de Shayetet da 13 unidade da Marinha Israel abordaram o navio em águas abertas na fronteira marítima do Sudão e da Eritreia, cerca de 1.500 km ao sul de Israel. O navio iraniano Klos C navegava sob bandeira panamenha, fazendo o seu caminho para o Sudão desde o Irão, transportando uma carga de mísseis capazes de atingir distâncias de até 200 km. 
O navio deveria chegar ao porto no Sudão esta quinta-feira, cerca de 10 dias depois de ter deixado o Irão. Um inventário inicial por Israel revelou uma grande carga de mísseis, incluindo M-302 iranianos -made, que atingiram Haifa durante a Segunda Guerra do Líbano em 2006.
Os mísseis vieram da Síria, disse o IDF, onde o Irão armazena grandes arsenais. Os mísseis foram levados da Síria para o Irão, onde foram carregados no navio que, em seguida, partiu para o Iraque, onde as armas foram escondidas em caixas de cimento.
A partir do porto iraquiano de Umm Qasr, navegavam no Mar Vermelho em torno do porto de Omã, com destino ao Sudão. O progresso do navio foi acompanhado de perto pela IDF enquanto navegava.
(...). "Os mísseis eram destinados a grupos terroristas em Gaza."

Assista ao video em baixo, do blog do IDF sobre a operação:


O caminho das armas iranianas para os terroristas de GAZA:



GAZA é uma base para os terroristas alvejarem as crianças israelitas. Para grande desgosto de alguns, este carregamento de MORTE não assassinará crianças israelitas:




A Marinha de ISRAEL não é fraquinha - para grande desgosto dos seus inimigos. O David do BEM resiste ao Golias do MAL:


3 comentários:

  1. Com escumalha como a do Hamas a governar, os palestinianos não saem da cepa torta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas contra a ditadura sangrenta do Hamas, não se ouve uma palavra. Grande erro o de Israel, ter dado Gaza aos terroristas. Como foi pena terem dado o Sinai. Espero que corram com eles de Gaza e da Judeia/Samaria. Terra israelita é de Israel. Já basta toda a que foi roubada!

      Israel Bloom

      Eliminar
  2. Amigo IB,
    Gostaria que comentasse o conteúdo destes Sites:

    http://miocitos.wordpress.com/2012/02/15/muculmanos-o-povo-que-sofre-mais-preconceito-no-mundo/

    http://www.gddc.pt/noticias-eventos/artigo.asp?id=noticia.5338172012730&seccao=Not%EDcias_Imprensa

    São dos Sites mais estúpidos e feitos pela gente mais imbecil que li até hoje!

    Abraço

    ResponderEliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.