sexta-feira, 21 de março de 2014

Comandante do IDF: "Devemos retomar Gaza"

Parece que os israelitas andam a ler aqui o Amigo de Israel. Noutro dia, neste post, manifestei a minha reprovação em relação à paciência de... santo, e à passividade dos israelitas., e afirmei que, se fosse comigo, já tinha varrido a feira à paulada.

Benny Gantz: "Devemos retomar Gaza"

Em face das hostilidades da semana passada por parte da Jihad Islâmica, o Chefe de Gabinete o IDF, Benny Gantz, estabelece o desafio.

Durante uma apresentação na quarta-feira numa escola secundária em Gan Yavne no sul de Israel,
Benny Gantz,
Chefe de Gabinete do IDF foi desassobradamente franco.
"Se queremos garantirque parem os ataques, precisamos retomar Gaza", afirmou.Questionado sobre porque é que as forças do IDF não o fizeram já, ele disse: "A decisão de "dormir sobre o assunto é um movimento estratégico." 
Esta voz é a mais recente de um coro de apelos da liderança israelita de que chegou o momento de agir decisivamente. 
"A única solução para esta situação do ciclo incessante de terror é a reocupação de Gaza e o desalojamento dos terroristas", disse o ministro dos Negócios Estrangeiros, Avigdor Lieberman, quando da Jihad Islâmica disparou mais de 90 mísseis contra o sul de Israel na semana passada. 
As suas palavras ecoaram as do ministro da Administração Interna de Israel, Yuval Steinitz, que afirmou: 
"Mais cedo ou mais tarde, teremos de assumir o controle de Gaza, a fim de acabarmos com o regime do Hamas".
 Israelitas observam danos causados por um míssil (Foto: Flash90 ):

 


Quarta-feira passada os terroristas dispararam mais de 60 mísseis no espaço de 24 horas contra o sul de Israel a partir da Faixa de Gaza. Em resposta, Israel realizou 29 ataques aéreos contra bases terroristas ali localizados. Na quinta-feira à tarde, o líder da Jihad Islâmica Khaled al- Batsh anunciou um cessar-fogo.

"Na sequência de contactos intensivos com os egípcios e de diversos esforço, a calma foi restaurada de acordo com entendimentos alcançados em 2012 no Cairo", disse Gantz no Facebook.
 
Imediatamente após o acordo de cessar-fogo, a Jihad Islâmica atacou Israel com mais de uma dúzia de mísseis. A Força Aérea israelita reagiu, alvejando 7 bases de terroristas.
Apesar de ter sido a Jihad Islâmica e não o Hamas não que iniciou esta ofensiva terrorista, hostilidades, é o movimento terrorista Hamas que controla a Faixa de Gaza.
A Jihad Islâmica tem fortes laços com o Irão e é a segunda mais forte facção em Gaza. O Hamas, conquanto hostil ao Estado judaico, tentou, em grande parte, manter o cessar-fogo ao longo dos últimos 16 meses. Consta que, na esperança de evitar um conflito mais amplo, não se juntou a estes ataques com mísseis. No entanto, eles não impediram a Jihad Islâmica de atacar o sul de Israel.
Autor: David Fink, Colaborador de Unidos com Israel
Data: 20 de Março de 2014

Alguns vídeos do IDF (Forças de Defesa de Israel); pode assistir e deixar seguir as listas de reprodução: Os ataques da semana passada; a intercepção do carregamento de armas para Gaza, vindo do Irão; mais um túnel dos terroristas desmantelado pelo IDF (usam-no para vir fazer ataques em Israel); uma média de um míssil a cada 7 horas vindo de Gaza, na última década.

E também: senhora australiana descobre o que Gaza é na realidade, chocada com o incentivo aos bombistas suicidas infantis; tortura de animais, um passatempo em Gaza; líder "palestino" Mamhoud Abbas louva Hitler, o terrorismo, os bombistas suicidas; programação infantil em Gaza: mãe vai à TV com o filho, anunciar que vai fazer-se explodir; propaganda na TV de Gaza apelando a que os muçulmanos se façam explodir; comício do Hamas em que se louva o terrorismo, a morte, o ódio, a destruição; milionários de Gaza absorvem a "ajuda estrangeira" e levam estilos de vida faraónicos, enquanto incentivam o povo a matar-se.

NOTE, SFF, QUE ISTO É UMA AMOSTRA MINÚSCULA DO QUE É O TERRORISMO ISLÂMICO CONTRA ISRAEL, EM ESPECIAL O QUE VEM DE GAZA, TERRITÓRIO DADO DE MÃO BEIJADA AOS ÁRABES, E DESDE ENTÃO USADO COMO PLATAFORMA PARA ERRADICAR ISRAEL DO MAPA. SOB A MÃO LABORIOSA DOS ISRAELITAS, GAZA ERA UM JARDIM, TINHA INFRA-ESTRUTURAS PARA SER UMA SINGAPURA DO MÉDIO ORIENTE. EM MENOS DE 24 HORAS FOI TUDO DESTRUÍDO PELOS ÁRABES, QUE  VIVEM NA DEPENDÊNCIA DE ISRAEL, QUE LHES FORNECE TUDO, E RETRIBUEM COM TERRORISMO!


 

E ainda: que país no mundo aguenta ter diariamente os infantários atacados por mísseis vindos do outro lado da fronteira, e ainda é condenado internacionalmente? Faça (ou não faça) o que fizer, Israel pode sempre contar com o ódio dos islamistas, dos nazis, dos anti-semitas e da generalidade da esquerda. Então, vamos a isso, Israel!Vamos recuperar Gaza, Judeia e Samaria, e o Sinai! Que Deus abençoe quem é do Bem e leve luz à mente doente de quem se compraz no Mal.

3 comentários:

  1. A Euronews, o canal de notícias que eles dizem ser "o mais visto em toda a Europa", é mais um desses meios racistas anti-semitas que fomentam o ódio contra Israel e amenizam e desculpam os terroristas islâmicos. Ver aqui o sentido de distorção demagógica desta notícia:

    http://pt.euronews.com/2014/03/22/israel-mata-mais-3-na-limpeza-etnica-nos-territorios-palestinianos/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Simplesmente chocante! :-( Vamos enviar para o HonestReporting.

      J.J.

      Eliminar
  2. Nunca ... mas nunca Israel devia ter saído desse território (nem digo o nome pois o nome é ja de si uma ofensa). É território de Israel.

    ResponderEliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.