sexta-feira, 12 de setembro de 2014

O 9/11 e o Chapéu de Alumínio Colectivo



Um documentário sobre a reacção árabe e iraniana ao 9/11 Incorpora filmagens de várias estações de TV e satélite no Médio Oriente . É  narrado pelo aclamado actor Ron Silver. Este é um excerto.

"Quando as torres gémeas desabaram... os meus pulmões encheram-se de ar e eu respirei de alívio, como nunca tinha respirado nunca antes."
     Ali 'Uqleh 'Ursan,
     Presidente da Associação de Escritores Sírios Árabes.
     Al-USBU 'Al-Adabi (Damasco)
     15 de Setembro de 2001

Desde os ataques de 11 de Setembro de 2001, o Instituto de Pesquisa dos Media do Médio Oriente tem acompanhado, traduzido, e divulgado tudo o que foi dito e escrito na Imprensa árabe e iraniana sobre esse dia. Proeminentes jornalistas, membros da academia, figuras religiosas e até mesmo líderes do governo e funcionários, têm alimentado as teorias da conspiração sobre o que "realmente" aconteceu.A colecção já está disponível em formato PDF e inclui uma compilação de artigos e editoriais da imprensa árabe e persa mainstream, assim como transcrições de programas de televisão.

 - O documentário e os artigos podem ser visualizados e descarregados AQUI.


As teorias da conspiração islâmicas encontram eco na esquerda ocidental, e  entre os antissemitas em geral, que culpam os judeus literalmente por TUDO de mal que acontece no Mundo. Ainda que as filmagens tenham sido divulgadas, que centenas de milhar de pessoas tenham testemunhado o embate dos aviões, que as investigações sejam públicas e conclusivas, e que os próprios terroristas tenham assumido a autoria, há fanáticos e desequilibrados que continuam a negar os atentados de 11 de Setembro.

Osama bin Laden, o cérebro assumido do atentado e líder da Al-Qaeda, é visto por essa gente como uma vítima inocente e um herói.



Este jornalista saudita explica as evidências mais básicas de que Israel não esteve "por detrás" dos atentados. A começar pela reivindicação dos mesmos pela Al-Qaeda. Mas muitos ocidentais sem instrução, hippies esquerdistas new-age e adeptos do chapéu de alumínio anti extra-terrestres, ainda acreditam nessas teorias idiotas, que são um insulto à inteligência humana.

E depois, há aquela sensação voluptuosa de se "saber" o que os outros não sabem. "Toda a gente pensa que a Al-Qaeda fez o atentado, mas eu cá é que 'sei' que não foi". Enfim, quando o doente não colabora, a psiquiatria pouco pode fazer...

Muçulmanos nos Estados Unidos festejam o massacre de 11 de Setembro, apelam à destruição dos Estados Unidos e de Israel. Louvam Osama bin Laden como um herói, que "não fez nada de contrário ao Corão", gritam pela morte à democracia e aos "infiéis", e.. afirmam que "o Islão é a Religião da Paz"!

Uma nota curiosa, e triste, é a limpeza de todos os comentários que condenem o 11 de Setembro, em jornais tão insuspeitos como o CORREIO DA MANHÃ. As pessoas podem dizer onde estavam no 11 de Setembro, mas se se referem aos autores, ou descrevem os festejos (os que estavam em países islâmicos), os comentários "evaporam-se". Ainda há pouco, no artigo hiperligado, um leitor contava os festejos histéricos que presenciou na Turquia. O comentário foi imediatamente retirado.

Em compensação, passam destes comentários:

Esta implosão feita pela a Mossada e da CIA no dia do Yom kupper dia Nacional de israel,para justificar a invasão do Iraque...é a enorme mentira do seculo 21 sobre quem realmente fez o atentado


'abme' sabe TUDO! E o CORREIO DA MANHÃ já se borra todo ao ouvir a voz do dono.


Portanto: Foi uma "implosão", não houve aviões, não houve ataque terrorista, não houve reivindicação dos ataques pelo bin Laden e pela Al-Qaeda, não houve imagens dos terroristas a embarcarem, não houve nada do que o Mundo viu e do que se provou. É tudo uma conspiração "feita pela a Mossada e da Cia do Yom kupper dia Nacional de israel".

Quando os vídeos da Internet sobre os lagartos espaciais judeus substituem a informação, quando não há educação, e quando o cérebro é fraco, o resultado é este.

Hão-de estar a ser decapitados, como o islamista Foley, e a culpar Israel, os judeus, os Estados Unidos, a CIA e a "Mossada".

2 comentários:

  1. Vc acha mesmo que homens que moravam em cavernas, conseguiram driblar a segurança do dito país mais ''poderoso'' do mundo ? vc acredita mesmo que aquilo foi um atentado, e que os liderés americanos são os santinhos ? os únicos inocentes disso tudo foram as pessoas mortas naquele mega sacrifício despresivel.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem provas de que o massacre de 11 de Setembro de 2001 teve mão norte-americana, ou outra que não a dos seus autores confessos? Acha que Osama bin Laden e os terroristas islâmicos são todos cavernícolas e que não têm acesso a tecnologia e informação? Então está mal informado, pois as cúpulas islamistas tiveram instrução de tipo Ocidental.

      Eliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.