domingo, 21 de setembro de 2014

Mais uma razão para amar Morrisey!


Pois é. Morrisey regressa a Portugal, com toda a sua magia.

Como ser pensante que é, Morrisey está-se nas tintas para as ameaças da organização comunista islamonazi BDS, e vai actuar a Israel sempre que bem entende. Morrisey sabe que jamais lhe seria permitido actuar em qualquer ditadura islamista. Desde logo porque lá a música tende a ser proibida - pelo menos a não religiosa. Depois, porque ele é um infiel, e os infiéis, por lá, não são considerados gente. Além do mais, em boa parte dos países islâmicos, Morrisey seria enforcado devido à sua orientação sexual.

Aqui o vemos a actuar em Tel Aviv, e a receber a chave da cidade:




Obrigado, Morrisey! És um grande HOMEM!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.