sábado, 20 de setembro de 2014

91 chicotadas por se estar feliz


Dançaste? Agora canta!

Todos os dias, os especialistas de tudo e mais alguma coisa nos asseguram na TV e nos media em geral que o terrorismo islâmico «nada tem a ver com o VERDADEIRO Islão», e que se trata de gente ignorante que «não sabe interpretar o Islão».

Será que as autoridades clericais iranianas também «não compreendem bem o Islão» - como aliás TODAS as autoridades islâmicas do Mundo, que pugnam pela mesma causa? Um exemplo:
 

NO ISLÃO, É PROIBIDO SER "FELIZ"!


19.09.2014 
91 chicotadas por dançarem 'Happy' 
Seis jovens que fizeram vídeo foram condenados. 
Por João Fernandes Silva 
Seis jovens iranianos foram condenados a 91 chicotadas e a penas de prisão por causa de um vídeo, onde aparecem a dançar a música "Happy", da autoria de Pharrell Williams.
O vídeo entitulado "Happy we are from Tehran" ("Felizes por sermos de Teerão"), onde os jovens aparecem a dançar junto a um prédio com as cabeças descobertas, inundou a Internet em maio.
O facto de as três raparigas não terem o hijab (véu) é considerado um atentado à lei islâmica. O grupo acabou por ser detido e terá sido obrigado a gravar uma declaração a confessar o crime. Agora, surgiu a sentença: seis meses de cadeia e 91 chicotadas para cinco dos jovens e um outro com o mesmo castigo físico, mas um ano de prisão.
CORREIO DA MANHÃ

O "CRIME":




A MENTALIDADE

Em Maio já tínhamos falado deste caso, no post:

Jornalismo Manso


Mas esta é uma gota de água no oceano, não se iludam!


"Alá não criou o homem para que ele pudesse divertir-se. O objetivo da criação foi a Humanidade a ser posta à prova por meio de sofrimento e oração. Um regime islâmico deve ser sério em todos os campos. Não há piadas no Islão. Não há humor no Islão. Não há diversão no Islão. Não pode haver diversão e alegria no que é grave" -  Aiatolá Khomeini


RESUMINDO...


Inocentes decapitados, crucificados, assassinados à bomba, a tiro ou dentro dos aviões que são atirados contra edifícios, raptos, estupro colectivo, tortura, canibalismo, espancamentos, mutilação de «infiéis», opressão, perseguição, privação total de liberdade e de direitos humanos, abuso sexual de menores, mutilação genital feminina, enterramento e incineração de gente viva - por não ser muçulmana. E etc., etc., etc.:




Expressão da individualidade, da alegria, do prazer, da liberdade, do pensamento. Tudo o que é agradável e humano. Praticar desporto, conviver com o sexo oposto, música, dança, etc., etc..:




É ASSIM QUE QUEREM PREENCHER A "LACUNA"?

Uma outra explicação dos entendidos de tudo e mais alguma coisa é que o Islão «preenche a lacuna de espiritualidade da sociedade ocidental». É assim que a querem preencher? É como querer curar uma dor de cabeça à martelada.

Ora vamos lá todos, de braço dado com o Louçã e com a malta, para mais uma manifestação de apoio ao terrorismo islâmico, e contra Israel, que isso é que é pós modernaço e chiquérrimo! Levem os chicotes, não vá alguém sentir-se feliz...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.