segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Terroristas muçulmanos filmados a atear fogos em Israel

Os piores incêndios da História de Israel continuam a consumir território e a causar prejuízos enormes. As redes sociais islâmicas rejubilam, os muçulmanos, em Israel e por todo o Mundo, cantam e  dançam, e os terroristas do Hamas já reivindicaram a autoria.
Ver:
Israel arde, colonos Árabes cantam e dançam em celebração

Israel pode revogar cidadania dos terroristas incendiários

Também começam a aparecer as primeiras filmagens, captadas pelas câmaras de vigilância, e a ser publicadas na Internet (até serem retiradas pela polícia islamofascista).
A Imprensa global, sempre às ordens do islamismo, continua a declarar que se trata de "fogos florestais"




No site homónimo, Walid Shoebat, ex-terrorista "palestino" e grande amigo de Israel, relembra-nos: 
"O terrorismo é um meio para um fim, e nunca um fim em si mesmo. O terrorismo foi, é, e sempre será um meio de levar as pessoas à submissão e, em última análise, à conversão ao Islão através do medo. A alternativa é a morte". 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.