quinta-feira, 24 de novembro de 2016

O descrédito TOTAL dos media institucionais


Contra mim falo. Antes da Internet e dos media alternativos, eu engolia o que os locutores dos noticiários e os veneráveis jornalistas da Imprensa escrita me serviam. Sem questionar. Acreditava, ingenuamente, que a propalada deontologia jornalística existia. 
Com a Internet, perdi a inocência. A par com as teorias da conspiração mais delirantes, próprias para garotos e psicopatas (a teoria dos Lagartos Espaciais "Zionistas" do Centro da Terra é um bom exemplo), há na Internet uma torrente de informação factual e independente que veio ACORDAR largas faixas da população.  
Aqui na barra lateral pode ver, por exemplo, o preciso GATESTONE, e muitos outros:

Etc.. 
Os jornalistas  e os meios de comunicação tradicionais caíram no total descrédito, após terem anunciado a vitória folgada de Hillary Clinton, e o Furacão TRUMP os ter derrubado sem dó nem piedade. 
Mas, como já vos dissemos,  esta gente (e quem lhes paga) tem muito mau perder. Derrotados pela vontade popular (na eleição de Trump, no Brexit, etc.), eles estão a calar as vozes livres, a intimidar e a deter os cidadãos. Mesmo contra a vontade popular, a islamização e a substituição populacional - o projecto islamo-esquerdista - tem que avançar. A guerra ainda agora começou. As armas da gente de Bem são a VERDADE.
Um artigo do GATESTONE, que dá conta de mais uma investida islamo-esquerdista contra o Mundo Livre: 
Os Países Europeus se Transformaram em Estados Policiais?

1 comentário:

  1. http://www.caoquefuma.com/2016/11/o-descredito-total-dos-media.html

    ResponderEliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.