segunda-feira, 7 de novembro de 2016

A Putativa Futura Primeira-Dama dos Estados Unidos


A companheira de Hillary Clinton é uma militante terrorista.

Na véspera de uma eleição decisiva para o futuro do Mundo Livre, a Imprensa global está a promover uma campanha verdadeiramente norte-coreana a favor de Hillary Clinton e contra Donald Trump. Muito dólar deve a Arábia Saudita estar a largar...
É simplesmente REPUGNANTE o que se está a passar.
Trump é apresentado como um porco machista por ter confessado gostar de mulheres, e como um arruaceiro racista porque "é contra a imigração". A Imprensa omite que Trump é contra a entrada de terroristas nos Estados Unidos, e não "contra a imigração".
Hillary é apresentada como uma heroína, que quer abrir as portas aos "refugiados da Síria". Fala-se dos emailes, mas o conteúdos dos emailes (que confirmam o apoio de Hillary aos terroristas do ISIS), é omitido.
A Esposa de Donald Trump está ser "acusada" de ter trabalhado ilegalmente como modelo nos Estados Unidos entre Setembro e Outubro de 94 (!!!!!). 
A companheira de Hillary Clinton, apoiante empenhada e cúmplice comprovada do terrorismo islâmico, de seu nome Huma Abedin, passa em brancas nuvens:


E este é apenas um dos escândalos que qualificam Hillary para ser julgada por alta traição.
Chegámos a um ponto em que não chega provar um facto. É preciso que os jornais e as televisões mais consagrados (leia-se mais financiados) digam que é um facto; se não, não é verdade. Desde Galileu que não se via nada assim. 

P.S. - Aproveitamos para voltar a sugerir o excelente blog OBAMATÓRIO, um tratado completo sobre o terrorista islâmico da Casa Branca.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.