domingo, 20 de novembro de 2016

A diferença entre o Chef Avillez e os islamonazis do BDS


Ao centro, na imagem acima podemos ver o chef José Avillez. É jovem, é empreendedor, tem programas na TV e uma cadeia de restaurantes, gera empregos e riqueza. É talentoso, trabalhador e cumpridor da Lei.

Acima podemos ver os hippies comunistas islamonazis do BDS, numa manifestação de apoio aos terroristas do Hamas. Acham o chef Avillez um "fascista", porque tem uma cadeia de restaurantes e emprega pessoas (e isso, na cabeça destes meninos-bem, é ser "explorador").

O BDS é uma organização anti-semita criada e financiada por um milionário supremacista islâmico. Os meninos comunistas do BDS são parasitas e protestatários profissionais. Alguns são apenas profundamente ignorantes. Todos são movidos por um ódio tenaz à democracia e ao Bem:

Revolucionários do Pápi

 . A ESQUERDA ODEIA ISRAEL E AMA OS TERRORISTAS
MODAS PERNICIOSAS DE MENINOS RICOS E IGNORANTES
GLORIFICAM BRUTAIS E MALÉFICOS ASSASSINOS COMUNISTAS ( E ISLAMISTAS)


Estes hippies odeiam Israel pela mesma razão que odeiam o chef Avillez.
São indivíduos medíocres e desprovidos de valores. São preguiçosos crónicos que lançam nos outros as culpas pelos insucessos pessoais. São idiotas voluntários que abdicaram da capacidade de pensar, em favor de uma mão cheia de slogans e propaganda dirigida a gente mimada e ressabiada.
São manipulados pelas forças comunistas para se sentirem "vítimas do Capitalismo", e acham que o Shangri-La são os países comunistas e islamistas. Mas não vão para lá viver, para longe dos confortos da casa paterna.




. OS MENINOS PRIVILEGIADOS DO BDS NÃO ESTUDAM NEM QUEREM ESTUDAR.
Estes meninos jamais se dignarão estudar a História, o Direito Internacional e a Política. Dão preferência às versões tendenciosas e panfletárias que servem os seus baixos instintos.
Gostam de gritar nas ruas e partir coisas, como gritavam e partiam em casa, quando eram contrariados, em crianças (alguns ainda o fazem).
Estes meninos apoiam o regime comunista da Coreia do Norte, que executa, tortura e deporta para trabalhos forçados e para campos de concentração quem anseia pela Democracia. Estes meninos apoiam os regimes de Cuba e da Venezuela, e preferem olhar para o lado quando vêem as filas intermináveis de gente do Povo que pede PÃO. Estes meninos idolatram psicopatas genocidas como "Che", Mao ou Stalin.
Estes meninos apoiam os regimes islâmicos (nem um é remotamente livre ou democrático, e em muitos deles é-se executado por se ser não-muçulmano, por se ser gay, por se ser mulher e querer usar calças ou saias ou guiar um carro, por se querer simplesmente democracia). Estes meninos idolatram o Hamas, o Hezbollah, a Irmandade Muçulmana, o ISIS, o Boko-Haram.
Não é realista esperar-se que estes meninos alguma vez queiram saber a VERDADE.
Se se lhes fala nisso, vêm logo com conversa de fedelho pedante que acabou de descobrir na aula de Filosofia do 10º ano o dilema de Aquiles e da tartaruga. Começam logo a questionar "que verdade?", a decretar que "a verdade é relativa", e inanidades do género.
São viciados em ódio, como outros são viciados em heroína ou álcool. Se se limitassem a ser viciados em ódio, seria problema deles. Quando vêm para rua fazer asneiras, quando vêm vandalizar estabelecimentos públicos e prejudicar o ganha-pão alheio (coisa com que eles não têm que se preocupar, daí não o valorizarem), aí, estamos mal. E as autoridades nada farão (não podem). A extrema-esquerda tem livre-trânsito para destruir o que bem entenda, para difamar e para atacar gente inocente.




 


Mas afinal quem são os "palestinos"?





ETC....
Estes hippies não são capazes de localizar o micro-Israel num mapa, se lho pedirem:


O vasto oceano de horror que é o mundo islâmico não os preocupa. Preocupa-os que continue a existir a ÚNICA DEMOCRACIA DO MÉDIO ORIENTE:


 Mais de 90% dos 11 milhões de muçulmanos do Médio Oriente foram mortos por muçulmanos, 0,3% morreram em tentativas de extinção de Israel, em que enfrentaram o Exército mais moral da História:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.