quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Democratas - Fraude eleitoral em massa!

Os jornaleiros-propagandeiros de todo o mundo não escondem a sua enooooorme azia com a vitória de Donald Trump (e com a travagem da esquerdização e da islamização do Mundo Livre que daí resultará - esperamos).
Se Trump tinha tantos defeitos, e se estava tão atrás da companheira de Huma Abedin nas sondagens, como é que Trump ganhou? Como é que, tendo Trump ganho, podem os jornaleiros amestrados afirmar que "a América está em choque"?
Só se houve fraude eleitoral...
E houve! Ou a margem da vitória de Trump teria sido ainda maior!
Um exemplo:
Os relatos da fraude eleitoral na Pensilvânia, Estado tradicionalmente dividido em termos eleitorais,  continuam a circular nas redes sociais e a chamar a atenção dos jornalistas - mas só os das notícias locais de atrevem a tocar no assunto, obviamente!
Brittany Foreman, membro do Partido Republicano de Filadélfia, declarou:
"Hoje testemunhei uma fraude eleitoral. Presenciei um membro do comité, John Push, a ajudar as pessoas a votar. Foi-me dito pelo assistente líder da secção de voto que ele não deveria estar na sala, que ele não deveria estar a ajudar as pessoas a votar, mas ele estava. Ele não só estava a ajudar as pessoas a votar, como também estava a distribuir propaganda propaganda dos Democratas, no local de voto. Eu então telefonei ao meu pai, que também é líder de uma secção de voto. Ele instruiu-me para ligar para o número que Joe DeFelice nos deu e foi o que fiz."
Foreman confrontou os membros da secção eleitoral que estavam a condicionar o voto dos cidadãos e eles exibiram certificados de observadores, que ela acredita terem sido falsificados."Eu acredito que eles estão a fazer isto com todas as pessoas, para as levarem a votar nos democratas", disse ela.
O vídeo:



A MÁQUINA DA TRETA 

Como se estes comportamentos desesperados e anti-democráticos não fossem suficientemente maus, a CBS Pittsburgh está a relatar que várias máquinas de voto "funcionavam mal" e revertiam os votos para Hillary depois de as pessoas terem votado em Donald Trump:

P.S. - VÍDEO CENSURADO PELA QUADRILHA CLINTON/OBAMA:
Tal é o calibre dos facínoras, que apagam assim as PROVAS do crime! Encontrámos este vídeo no Dailymotion, mas deve estar prestes a ser varrido também...


Nós ontem avisámos:


Muitas pessoas disseram que foram votar no republicano Donald Trump e viram o seu voto trocado ante os seus olhos, em favor da democrata Hillary Clinton. 
"Eu voltei atrás, pressionei em Trump novamente. Três vezes eu fiz isso, em vão. Então liguei para uma das pessoas que estavam a trabalhar nas eleições. E elas disseram que eu devia estar a fazer alguma coisa errada", disse Bobbie Lee Hawranko.
Donald Trump fartou-se de avisar que as eleições iriam ser manipuladas. 
Nem com fraude conseguiram! Não houve maquilhagem jornalística que conseguisse embelezar o regime do jihadista inimputável  Barack Hussein Obama e da sua co-jihadista Hillary Clinton 

CENAS DOS PRÓXIMOS CAPÍTULOS 

Os meninos-bem já vieram para a rua protestar contra o sistema democrático que elegeu Donald Trump. Os protestos tornaram-se violentos rapidamente. Mas como é violência de esquerda, é violência fina, chique e muito, muito boazinha!


Foi assim durante toda a campanha eleitoral, como mostrámos por diversas vezes. A esquerda da tolerância, da paz, insultou e espancou os apoiantes de Trump:


E assim  continuará a ser, durante os próximos quatro anos. A esquerda (esquerda caviar, esquerda caceteira, nazis) está furiosa. Os islamistas estão furiosos. Os jornalistas estão furiosos. A campanha de difamação e as agressões vão continuar.
E por falar em meninos mimados, o professor de Economia de Yale, senhor Jon Victor, acaba de tornar pública a sua decisão de tornar os exames opcionais, atendendo à quantidade de estudantes que estão a ter crises de choro e a bater o pezinho, incapazes de lidar com qualquer coisa que contrarie o seu pensamento esquerdista.

Enquanto estes meninos bem andam a ter crises de nervinhos, rapazes e raparigas da mesma idade estão a dar a vida pela segurança do seu país e do Mundo Livre.

- Esta notícia (e outras do mesmo género) estão no TRUTH REVOLT.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.