sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Jihad em Montpellier: freira(s) degolada(s) e monges reféns



Em Montpellier, França - uma região que já beneficia intensamente com o enriquecimento cultural islâmico* - um muçulmano de rosto coberto assaltou um retiro de monges, degolou pelo menos uma freira em honra do deus Alá e fez 70 monges reféns. Fotos e relato AQUI.
Actualização: confirmada segunda vítima do sexo masculino. Hoje de manhã, a locutora de TV anunciava triunfalmente que "só" tinha sido morta uma mulher. Como são generosos os terroristas, quando matam "só" um ou dois infiéis!
O retiro era de padres que prestaram serviço em África, o que muito molesta o supremacismo islâmico, que pretende arrebanhar todo o globo para a sua bandeira, em obediência ao Alcorão.
Já tinha acontecido o mesmo com o padre Hamel, que angariou fundos e cedeu terrenos para a construção de uma mesquita, e teve como prémio ser degolado ritualmente, na sua igreja, por dois muçulmanos:

O Crime do Padre Hamel


Nessa ocasião, a Imprensa séria e institucional (quase toda islamo-esquerdista), ignorou as motivações do massacre e  a identidade dos assassinos. Alguns jornalistas, mais afectos à extrema-esquerda, e alguns políticos dessa área, gozaram publicamente com a execução do sacerdote, um acto  que tão fundo cala nos seus corações revolucionários: 

A Paixão da Esquerda pelo Terrorismo Islâmico


Ontem foi em Montpellier. Mais uma vez e como sempre, os jornaleiros de serviço dão saltos nas cadeiras dos telejornais: "NÃO É TERRORISMO! NÃO É TERRORISMO!"

* - Montpellier culturalmente enriquecida:



Walid Shoebat, ex-terrorista islâmico "palestino", convertido ao Cristianismo e Amigo de Israel, avisa:


A CADA 5 MINUTOS, UM CRISTÃO É  SACRIFICADO A ALÁ:



CLIQUE NA IMAGEM PARA VISITAR O SITE DE WALID, QUE DENUNCIA O HOLOCAUSTO DOS CRISTÃOS E TEM SALVO MUITOS. AJUDE-O! SALVE OS CRISTÃOS!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.