domingo, 13 de novembro de 2016

Isto é o que acontece a quem vota Trump!


Três Hilaristas espancam, assaltam e roubam carro a idoso, por ser branco e por ter votado Trump. O que diz a Imprensa? NADA! A Imprensa hoje, é basicamente FASCISTA.
 
Durante a campanha eleitoral, os apoiantes de Trump foram rotineiramente espancados pela brigada politicamente correcta,  pelos racistas, pelos islamistas e por outros inimigos da Liberdade. Agora, após a eleição e a vitória da classe trabalhadora (cansada de chantagens e  balelas), a caça ao eleitor de Trump intensifica-se. Os jornalistas atiçam o ódio e escondem os ataques.
Este é apenas um dos muitos casos registados em vídeo. "VOTASTE TRUMP? VOTASTE TRUMP? ISTO É O QUE ACONTECE A QUEM VOTA TRUMP!" - gritam os pacíficos democratas, enquanto espancam e roubam o homem:


Não passa na TV, não é falado nos jornais, e o próprio vídeo (como tantos outros) está permanentemente a ser denunciado e deitado abaixo pelos milhões de esquerdistas, islamistas, feministas, gayzistas, pró-terroristas, nazistas e outros artistas. O motivo? É "violento"!

"AMAMOS ODIAR TRUMP!" - é a palavra de ordem entre os apoiantes de Hillary.

Na mensagem de vitória, Trump apelou à unidade nacional e elogiou Hillary Clinton. Os apoiantes de Trump não foram esfregar a sua vitória retumbante na cara dos que os ofenderam, ridicularizaram e agrediram durante dois anos.
Mas de nada valeu:
Os Hilaristas estão na rua, espancam, incendeiam, destroem, pedem "MORTES"!
A estrela de Trump no Passeio da Fama foi vandalizada vezes sem conta durante a campanha, pelos campeões da democracia. Uma senhora de 64 anos, afro-americana, montou-lhe guarda. Os vândalos sujeitaram-na ao tratamento que as imagens documentam:



Na opinião dos vândalos, a senhora devia dar-se por muito satisfeita por ter um presidente negro e ir ter uma presidente mulher. Terem-lhe tirado o tecto e o pão, para darem aos invasores islâmicos, aos terroristas e aos criminosos, são contingências do socialismo.
A incapacidade da esquerda para lidar com a democracia é - para usarmos uma expressão que lhes é cara - "sistémica". Não concebem que outros possam não ver sua Imensa Luz.
Aqui foi um bando de mexicanos racistas que atacou uma rapariga, por ser branca e apoiar Trump:


Se os apoiantes de Trump tivessem pago na mesma moeda, os media globais não se calariam. Assim, esconderam TUDO. E foi muito.


Michael Moore, conhecido esquerdista e propagandista da islamização, com um cartaz de apoio ao Islão, à porta da Trump Tower. Moore está a apelar à rebelião contra o voto democrático que elegeu Trump.

Mais um vídeo dos apoiantes de Hillary a atacarem os apoiantes de Trump:


Vadios, desordeiros, criminosos, extremistas, racistas, islamistas, meninos mimados da esquerda-caviar, eis aqueles que a Imprensa abençoa e protege, omitindo a divulgação destas acções:

Aqui foi um homem branco que estava prestes a ser linchado por uma multidão de racistas negros com lenços à Arafat (sempre os mesmos...). Salvou a vida, puxando da sua arma, mas foi preso. Segundo o actual sistema socialista, era sua obrigação ter-se deixado matar:

  

O post vai longo. Já há alguns apelos ao assassinato de Trump - vindos de gente fina da esquerda-caviar (camuflados como "humor"). Haveria centenas de vídeos (que de qualquer forma em breve serão retirados). Fica mais um.
Jovem racista negro, que se auto-proclama gangster e apoiante do ISIS, jura "pela sepultura do seu cão" que vai assassinar Donald Trump, porque ele "quer roubar as senhas de comida à sua mãe":


O simpático jovem não foi incomodado pelas autoridades.

Tudo isto não merece divulgação? Onde os jornalistas, que ainda há poucas semanas inundaram o globo terrestre e arredores com a lapidação virtual da senhora Trump, porque esta posou nua há algumas décadas, quando era modelo?

The Lady is a Trump

Trump e Hillary nús, respectivamente.

 Obama MENTE, e só Trump desmente...

A Histeria Anti-Trump e o Senso-Comum


Segue-se compilação de histeria, ódio, alienação e loucura, dos apoiantes de Obama/Clinton. O resultado do jornalismo que temos.
Esta gente, que nem as crianças nem os animais poupa à sua demência, não nos dá vontade de rir. Esta gente merece-nos sinceramente pena:


Veja pelo menos aos 19:40, que vale a pena (é uma mulher 'gótica' que mudou de sexo e agora é um homem, e que ameaça os apoiantes de Trump com uma faca):




Que esta vitória do senso-comum seja a primeira de muitas, em todo o Mundo.
 
VIVA A LIBERDADE!
VIVAM OS ESTADOS UNIDOS!



Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.