segunda-feira, 6 de junho de 2016

VÍDEO: Libertação de Jerusalém em 1967


Em 5 de Junho de 1967, estalava a Guerra dos Seis Dias. A partir desse momento, Israel sofreu grande possibilidade de aniquilação por parte da coligação Árabe que compreendia o Egipto, a Jordânia, a Síria e o Iraque.
De 5 a 10 de Junho de Israel enfrentou a poderosa coligação, animada do eterno desejo muçulmano de obliterar Israel e apagar os judeus da face da Terra - e saiu vencedor!
Essa é uma das razões mais fortes do ressentimento islâmico e comunista para com o Estado Judaico, que está na base da propaganda anti-semita global e da demonização e perseguição sistemática de Israel e dos judeus.
Provocaram uma guerra de extermínio, uma guerra profundamente injusta, perderam-na - a despeito da enorme superioridade de que dispunham - e têm mau-perder. São assim, as forças das Trevas... Desgraçadamente.


Em 1967, o milagre aconteceu. O povo judeu recuperou Jerusalém, ganhando acesso aos seus locais sagrados, que lhe havia sido negado pela ocupação jordana.

Este filme de 1967 mostra Jerusalém depois ter sido libertada pelo IDF (Forças de Defesa de Israel). As emoções estavam à flor da pele. As pessoas estavam num estado de admiração e gratidão, por, finalmente, terem acesso à antiga
capital judaica.
Agradecemos a Deus ser-nos dado ver, nesta vida, a restauração da independência de Israel. E muitas mais profecias se cumpriram, e cumprirão:


Depois de quase dois mil anos de sucessivas ocupações estrangeiras, Jerusalém não pode voltar a ser dividida. Se concorda que Jerusalém deve permanecer unida, assine a petição da UNIDOS COM ISRAEL.
Espalhe a VERDADE, ore por Israel, faça a sua parte na luta pelo Bem!

GLÓRIA AO IDF!

Imagens da Guerra dos Seis Dias:






 DAVID VENCEU GOLIAS, MAIS UMA VEZ!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.