terça-feira, 14 de junho de 2016

"As motivações para este ataque são desconhecidas".

0. CHAMARAM-LHES DE TUDO


Larossi Abballa, 25 anos. Outro muçulmano simpático.

Ramadão em Paris: muçulmano  aos gritos de "Allahu akbar" assassina polícia e Mulher
Todos os que avisaram o Mundo para estar atento à ameaça, foram, como habitualmente, acusados de instigadores do ódio, islamofóbicos, racistas, etc., etc..

1. COMEÇOU O RAMADÃO:

Vamos no 8º dia do Ramadão, e as contas estão assim:



O site A Religião da Paz faz a contabilidade da matança islâmica de cada dia.

8 dias, 65 ataques, 528 mortos, milhares de feridos. No mesmo período, e este ano, este século e este milénio, todas as outras religiões do Mundo mataram ou feriram  ZERO pessoas.
E nem assim os bem-pensantes resolvem finalmente entrar num site islâmico, comprar um jornal de um país muçulmano, abrir o Alcorão, visitar um dos muitos sites que expõem a realidade do Islão e da Jihad*, a guerra santa pelo deus Alá!

* - Veja, por exemplo, o Lei Islâmica em Ação, que disseca e exemplifica a teologia islâmica, como nestes mandamentos do Alcorão, que os muçulmanos cumprem à risca:

  1. Tu deves estuprar, casar e divorciar meninas na pré-puberdade. Alcorão 65:4, 4:3
  2. Tu deves ter relações sexuais com escravas sexuais e trabalhadoras escravas. Alcorão 4: 3, 4:24, 5:89, 33:50, 58: 3, 70:30
  3. Tu deves bater nas escravas sexuais, nos trabalhadores escravos, e nas esposas. Alcorão 04:34
  4. Tu deves ter quatro testemunhas masculinas muçulmanas para comprovar um estupro. Alcorão 24:13
  5. Tu deves matar aqueles que insultam o Islão ou Maomé. Alcorão 33:57
  6. Tu deves crucificar e amputar não-muçulmanos. Alcorão 8:12, 47: 4
  7. Tu deves matar os não-muçulmanos para garantir receber as 72 virgens no céu. Alcorão 9: 111
  8. Tu deves matar quem deixar o Islã. Alcorão 2: 217, 4:89
  9. Tu deves decapitar não-muçulmanos. Alcorão 8:12, 47: 4
  10. Tu deves matar e morrer por Alá. Alcorão 9: 5
  11. Tu deves aterrorizar os não-muçulmanos. Alcorão 8:12, 8:60
  12. Tu deves roubar e furtar os não-muçulmanos. Alcorão Capítulo 8 (Saque / Espólios de Guerra)
  13. Tu deves mentir para fortalecer o Islã. Alcorão 3:28, 16: 106
  14. Tu deves lutar contra os não-muçulmanos, mesmo que você não queira. Alcorão 2: 216
  15. Tu NÃO deves tomar os não-muçulmanos como amigos. Alcorão 05:51
  16. Tu deves chamar os não-muçulmanos de porcos e macacos. Alcorão 5:60, 7: 166, 16: 106
  17. Tu deves tratar os não-muçulmanos como as criaturas mais vis, que não merecem misericórdia. Alcorão 98: 6
  18. Tu deves tratar os não-muçulmanos como inimigos jurados. Alcorão 4: 101
  19. Tu deves matar os não-muçulmanos por não se converterem ao Islão. Alcorão 09:29
  20. Tu deves extorquir não-muçulmanos para manter o Islão forte. Alcorão 09:29.
 
Esta é a única "religião" que tem direito a legiões de jornalistas, políticos e comentadores, 24/7, a repetirem, como papagaios: "O Islão é pacífico! E quem disser o contrário é 'racista'!".


2. MOITA CARRASCO... 


Alegoria do Jornalismo.

Ontem à noite, esperávamos para ver se os mais prestigiados comentadores do país, especialistas em temas policiais, em contra-terrorismo, em Direito, iriam emendar a mão, depois de terem jurado a pés juntos no dia anterior que o massacre de Orlando nada tinha a ver com o Islão.


O ISIS/Estado Islâmico reivindicou mais este ataque. Qual terá sido a motivação do ataque?

Moita carrasco! Estavam a comentar mais uma matança, desta vez em Paris.
E de novo juravam a pés juntos que "nada tinha a ver com o Islão".
Escassas horas depois ficámos a saber que, como em Orlando:

- o terrorista é um jihadista muçulmano
- o ISIS (Estado Islâmico) reivindicou o ataque
- o terrorista avisou que iria matar em nome de Alá
- o terrorista berrava "Allahu akbar" enquanto chacina infiéis

3 . DESINFORMAÇÃO

Respondendo ao apelo do Califado e cumprindo os mandamentos islâmicos (ver lista acima), um muçulmano anteriormente condenado por terrorismo, matou à facada um polícia e a Mulher deste, em França. Antes, tinha postado no Facebook que o Euro 2016 iria ser "um banho de sangue". Teve o requinte macabro de filmar a matança.
Está tudo no CORREIO DA MANHÃ. E bem explicadinho!!!
No entanto, no final da notícia, pode ler-se:  
"As motivações para este ataque são desconhecidas"!!!






É que se o jornalista escrevesse o óbvio - que o mobile da chacina foi o Islão!!! - estaria, segundo as normas do politicamente correcto, a ser "racista" - como o CM chama habitualmente a Donald Trump.


 O descomunal elefante islâmico está presente em todos os estúdios de TV, em todas as Redacções, nas ruas, nos empregos - e NINGUÉM o vê!!!

Logo à noite, se não houver nenhum massacre em algum país importante, como a França ou os Estados Unidos - se forem apenas um africanozecos, uns indianozecos ou uns judeuzecos a morrer - os especialistas estarão talvez a dizer mal do Donald Trump, a comentar a mais recente habilidade do cão dos Obama, ou quiçá o sexo dos anjos. Já nada nos espanta.


4. INFORMAÇÃO

Atreva-se a saber a VERDADE:





  • Respondendo ao Islão (Ing.)
  • Estatísticas Muçulmanas (Ing.)
  • Cruzados Infiéis (Inglês)
  • Ex-Muçulmanos
  • Muhammad e os Suffis
  • Perigo Islâmico
  • Lei Islâmica em Ação
  • Islão a Nu
  • Rafik responde ao ISLAM
  • Respondendo aos Muçulmanos (Ing.)
  • Observatório da Jihad (Inglês)
  • De Olho na Jihad
  • A RELIGIÃO DA PAZ!
  • Citando o Islão (Ing.)
  • The Muslim Issue
  • Riposte Laique
  • Pamela Geller
  • Gates of Vienna
  • Pat Condell: sem papas na língua!
  • Sultan Knish
  • P'los Media "Palestinos"
  • Islam Watch
  • P´los Media do Médio Oriente
  • Raymond Ibrahim
  • Observatório da Jihad (Português)
  • Winds of Jihad
  • Bare Naked Islam 



  • P.S. - Sabe o que é que é mesmo mesmo mesmo importante nisto tudo? É que "o filho da Júlia Pinheiro assume ser homossexual"! É esta "revelação" que os jornalistas retiram das declarações sentidas de um cidadão solidário com as vítimas do Massacre de Orlando. Um cidadão que, como as vítimas desse acto de islamismo, trabalha, cumpre as leis, e não faz mal a ninguém.

    O CM pegou numa manifestação de indignação com um massacre islamista, e transformou-a numa notícia sensacionalista que "saiu do armário". O jovem nem tem direito a identidade própria, é o "o filho de". Os leitores estão a adorar. "Mais quanto mais melhor", escreve (salvo seja) um leitor. Ah, ah, ah!

    Os jornais precisam de vender, e o Euro não é elástico, chega a um ponto em que a cor das cuecas do Cristiano Ronaldo deixa de interessar. Mas os media escusavam de branquear o islamismo e manter assim as pessoas na ignorância!

    O que vale é que os media alternativos (ver lista de sites acima) cada vez mais substituem esta Imprensa caduca, ridícula, tóxica, que já perdeu quase toda a credibilidade.

    Sem comentários:

    Enviar um comentário

    Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.