segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Académico pede 'genocídio branco' como presente de Natal

Professor quer 'genocídio branco' para o Natal
"Quando os brancos foram massacrados durante a Revolução Haitiana, isso foi uma coisa boa".



O Daily Caller relata  que um professor da Universidade Drexel diz que tudo o que ele quer para o Natal é que os brancos sejam exterminados.

George Ciccariello-Maher, professor associado de política e estudos globais, um auto-descrito
teórico político radical” e “verdadeiro comunista”, twittou na Noite de Natal que o seu maior desejo é o genocídio dos brancos.
Para que ninguém pensasse que ele estava a brincar, Ciccariello-Maher prosseguiu com outro tweet aprovando o extermínio da população branca do Haiti.

O jornal  Daily Caller diz também que "Ciccariello-Maher tentou argumentar que ele não estava a apelar ao genocídio racial, porque 'branco' não é realmente uma raça. Ele também descreveu o genocídio branco como uma 'invenção mítica' da Direita Alternativa, apesar de ter citado o Haiti como um exemplo de genocídio branco real apenas algumas horas antes."

"Construindo a Comuna - Democracia Radical na Venezuela" - um livro do racista Ciccariello.

O próprio Ciccariello parece ser branco, mas a auto-aversão não é um traço incomum entre os educadores brancos progressistas.

Pais, pensem muito bem antes de enviarem os vossos filhos para a Universidade de Drexel.

Via TRUTH REVOLT.
http://www.truthrevolt.org/news/professor-wants-white-genocide-christmas


 

George Ciccariello-Maher, no Starbucks, achando-se deus. Como a esmagadora maioria dos académicos, é de extrema-esquerda e auto-obcecado. É apenas um entre vários académicos que apelam ao extermínio das pessoas brancas.

Vale a pena reler:

Trump ou a Vitória da Classe Trabalhadora

"Eles não tinham diplomas universitários e jamais pisaram um Starbucks. Eles eram a classe trabalhadora branca. Eles não falam certinho nem pensam certinho. Eles tinham as ideias erradas, as roupas erradas e a ridícula ideia de que ainda importavam."

Nenhum comunista quer ser trabalhador. Todos querem mandar e "equalizar" o povão:




  



Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.