terça-feira, 19 de julho de 2016

Intifacada na Alemanha - Ainda há esperança para o MUNDO LIVRE?

1. OS GEBOS E AS SOMBRAS



Os gebos comentadeiros que ontem se afadigavam, como todos os dias, nas mais doutas mesas-redondas, na TV, a isentar o Islão de culpas no Massacre de Nice (que já levou bem mais que as 84 vidas previamente anunciadas), foram surpreendidos por mais um episódio da jihad nossa de cada dia.
Um "homem" atacava pessoas à machadada, num comboio, na Alemanha.

O "homem" em questão - que só por mero acaso era muçulmano, claro! - urrava Allahu Akbar enquanto esquartejava carninha infiel.

Eis o refugiadinho fofinho da Religião da Paz:


Para os gebos islamófilos, Muhammad Riyad é apenas mais um que:

a) Não compreende o Islão

b) Usa o Islão indevidamente

c) É apenas doido

d) Teve acesso a um machado e uma faca, e portanto esses utensílios devem ser proibidos (porque é a "cultura deles" matar infiéis quando têm facas e machados à mão).

Ter também em atenção que:

e) Não aconteceu nada e foi tudo inventado pela CIA e pela Mossad  

f) A culpa é "nossa" (não sabemos porquê, mas entretanto havemos de inventar qualquer coisa)!

Porque o o Islão não pode, em circunstância alguma, ser responsabilizado pelo que prega e pelo que faz!


  2. "O LADO DELES (PÁ!)"
"Ó pá, mas tu tens que ver o lado deles..." - dizem os que são doutrinados pelos gebos a amar as sombras do Islão e a odiar o Mundo Livre.
Ora vamos lá ver o "lado deles"...
Traduzimos e condensamos do MIRROR:

Ataque à machadada em comboio alemão
Um vídeo divulgado pelo ISIS mostra Muhammad Riyad, de 17 anos, a proferir um discurso em pashto para a câmara enquanto segura uma faca.

Rios de sangue (mas como é o popular MIRROR que dá a notícia, não conta)

A Polícia ainda não confirmou sua identidade (ou seja: porque é muçulmano, a identidade foi censurada pelas autoridades alemãs).
O ISIS chama-lhe 'o soldado do Estado Islâmico que realizou o ataque em Wurzburg '.
O vídeo mostra Muhammad Riyad dizendo que vai matar 'infiéis' à facada.
Muhammad diz: "Eu sou um soldado do Califado e vou realizar um ataque suicida na Alemanha".
"Ó Kufar, o tempo passou, quando tu vinhas à nossa pátria e matavas os nossos homens, as nossas mulheres e os nossos filhos. E os teus governantes apóstatas ficavam em silêncio sobre esses massacres".

- Sério? Quando? Enquanto o Islão ceifou 270 milhões de vidas inocentes - por exemplo no Holocausto dos Cristãos Arménios?
O Islão é uma ideologia esquizofrénica, que mata e acusa os outros de matarem, que invade e acusa os outros de invadirem, que é intrinsecamente diabólica e acusa os outros de o serem.
É este o "lado deles". Pá.

Continua o adepto da Religião da Paz:

"Esse tempo agora acabou. Agora, o Califado Islâmico foi estabelecido no Iraque, Al-Sham, Khorosan, Líbia e Iémen, e, graças a Alá, os soldados do Califado vão-te apanhar".
"Eles vão-te matar na tua própria terra, vão viver na tua casa, destruir as tuas leis e conquistar os teus países. Nós vamos matar-vos em cada vila, em cada cidade e em cada aeroporto, Alá seja louvado".

POST-SCRIPTUM: O vídeo anterior foi retirado pelo lóbi islamista. O vídeo do suicida a dizer que iria atacar gente à machadada em nome do deus Alá, é um vídeo que "não pode ser visto pelos infiéis". vamos ver quanto tempo este se aguenta:


SALVAR O MUNDO LIVRE
 Dezenas de pessoas foram atingidas pelo jihadista:

Em breve teremos ataques a vingar a "execução arbitrária de um pacífico muçulmano" que sé estava a ser um bom muçulmano:

Pelo menos 21 pessoas ficaram gravemente feridas neste ataque à facada e à machadada.
O terrorista foi abatido.
Aplicando o mesmo raciocínio que o Mundo aplica a Israel e à INTIFACADA islâmica, se o terrorista morreu, e a Polícia conseguiu evitar mortos alemães, então o terrorista tem razão e a Alemanha deve ser condenada pela ONU, pela EU, pelos partidos políticos, pelos jornalistas e pelos comentadores e pelo gato e pelo cão!
Cabe a cada cidadão com sentido de responsabilidade e dignidade, pugnar para que esta classe política, jornalística, académica e afins, receba uma guia de marcha para o Irão, para a Turquia, ou para qualquer desses paraísos que não se cansam de louvar, e dê lugar a quem possa, ainda, salvar o Mundo Livre.
----------------------
 REFUJIADISTAS


Os "refugiados" e o Holocausto dos Cristãos

Enquanto vos escrevemos, uma mãe e duas filhas foram atacadas à machadada por um "refugiado" marroquino, em França. Estão em estado grave. O motivo? Não andavam todas tapadas com véus.
Enquanto vos escrevemos, estão a decorrer chacinas, torturas, estupros, mutilações, horrores Dantescos que o Islão distribui generosamente há 1,400 anos.
Os gebos comentadeiros, jornaleiros, politiqueiros e academiqueiros, são pagos para nos instruir de que o Islão, em caso algum, pode ser a causa do que o Islão prega e faz - então que vão para lá e nos deixem em PAZ!
Lá, nos países islâmicos, cortam cabeças de cristãos e outros "infiéis". Cá, são pobres "refugiados". E "sírios", mesmo que venham de Marrocos, do Afeganistão, da Mauritânia ou do Paquistão!

 Não queremos ter muitas visitas. Preferimos encorajar as nossas visitas a que procurem e explorem sites como estes:


Israel é a guarda avançada do Mundo Livre. 

Apoie ISRAEL!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.