sexta-feira, 1 de maio de 2015

Israel ajuda na tragédia no Nepal


No passado dia 25 de Abril, um terramoto devastador atingiu o Nepal, matando mais de 6000 pessoas e causando mais de 10000 feridos. O Estado de Israel ofereceu-se imediatamente para enviar assistência.

Uma delegação de 260 pessoas, entre pessoal médico e especialistas em resgate e salvamento, embarcou para o Nepal, para participar nos trabalhos de auxílio. Foi montado um hospital de emergência em Katmandu para assistir as vítimas. No primeiro dia no terreno, o hospital israelita tratou 98 pacientes, incluindo um recém-nascido.

Israel enviou o maior contingente estrangeiro de apoio e já mereceu os agradecimentos do Nepal. Os agradecimentos oficiais do Governo e os agradecimentos da população. Como é o caso deste homem, que agradece em Hebraico:



Chegada da missão israelita ao Nepal:



Montagem do hospital:



Inauguração do hospital:



Chefe da missão israelita encontra-se com o Primeiro-Ministro do Nepal:



O chefe da missão israelita informa o Primeiro-Ministro de Israel sobre as operações:

  

Contudo, e como não poderia deixar de ser, o esforço denodado de Israel merece críticas. Ainda que absurdas.  O Diário de Notícias "acusa" Israel de dar prioridade no resgate a bebés e mulheres na fase final da gravidez.

Como comentar uma alarvidade destas? Se Israel não desse prioridade aos bebés e grávidas, seria acusado de não o fazer. Se o fez, é acusado de o ter feito. Sempre preso por ter cão e por não ter.

Quanto mais aprendo sobre Israel, o seu povo e a relação do mundo com este, mais me espanto...

2 comentários:

  1. Israel se comprometeu a construir uma aldeia inteira no Nepal. Veja no “The times of Israel” o artigo: “Israel pledges to reconstruct an entire village in Nepal”.
    http://www.timesofisrael.com/israel-pledges-to-reconstruct-an-entire-village-in-nepal/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enquanto Ismael destrói, Israel constrói. Sempre foi assim, e sempre assim será, até à chegada do Messias...

      I.B.

      Eliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.